Área de Serviço comemora 5 anos com “Morto, mas pouco!”

No Centro Cultural do Cartaxo

385

 

A Área de Serviço estreia, no dia 1 de abril, a comédia “Morto, mas pouco!”, que assinala cinco anos de vida deste projeto de criação teatral.

“Morto, mas pouco!” é um espectáculo de criação coletiva sobre a morte e os nossos medos de a enfrentar, baseado nas diversas representações da morte no teatro e no cinema.

Perante a evidência de um facto para todos indiscutível: a sua própria morte, Alberto Trocato recusa-se a ocupar o lugar de honra na grande encenação que é o seu funeral – dentro do caixão. Morto, mas pouco, ele insiste em que o seu lugar é neste mundo, deitando por terra todas as convenções, pondo todos loucos à sua volta e instalando o caos em redor de um caixão vazio.

Só que estas coisas não são exatamente como nós queremos e um morto, quer esteja morto, ou não, só tem um lugar: o caixão!

A encenação é de Frederico Corado, que reúne neste espetáculo elementos dos vários elencos das peças que foram sendo feitas nos últimos cinco anos, bem como alguns estreantes.

Com Gabriel Silva, Vânia Calado, Sara Inês, Maria José Cerqueira, Marta Cabete, Carolina Seia Viana, Mena Caetano, Virginia Teófilo, João Vitor, Ana Rita Oliveira, Luis Silva, Mário Júlio, Aureliana Campanacho, Amélia Martins, Joana Pinheiro, António Calado, Carolina Parente, Beatriz Devesa, Jeanine Steuve, Marco Fernandes, Sara Margarida, João Morgado, Cátia Nogueira, Norberto de Sousa.

Para ver no Centro Cultural do Cartaxo, nos dias 1, 7 e 8 de abril às 21h30, e a 2 e 9 de abril às 16h.

Pode gostar também