Cartaxo | Diário digital

CDU apresenta medidas “urgentes e pertinentes” para orçamento municipal

232

Depois de reunir com os executivos municipal e de cada uma das freguesias, ao abrigo do Estatuto do Direito de Oposição, a CDU Cartaxo apresenta medidas para o orçamento municipal de 2018.

Nas reuniões realizadas ao longo das últimas semanas, a CDU Cartaxo reafirmou o seu “compromisso com a população, manifestando a sua preocupação com os principais problemas que afetam a qualidade de vida dos cartaxeiros, em cada uma das freguesias do nosso concelho” e apresenta as suas prioridades, “com expectativa, que estas medidas sejam acolhidas nas Grandes Opções do Plano e Orçamento do Município do Cartaxo 2018, dada a sua urgência e pertinência”.

“Apesar de a Câmara Municipal encontrar-se tremendamente endividada, no decurso da gestão danosa dos dinheiros públicos na última década, e dos constrangimentos impostos pelo Fundo de Apoio Municipal (FAM)”, a CDU transmitiu ao executivo municipal as suas prioridades para o concelho. E são elas: a renegociação da dívida ao Estado, contraída no âmbito do FAM, “de forma a garantir o futuro das famílias e das empresas do nosso concelho, sugerimos que o Executivo Municipal, em conjunto com executivos de outros municípios beneficiários do FAM, pressionem o Governo para reduzir a taxa de juro aplicável”; a revisão dos protocolos de execução entre o município e as freguesias, “por forma a contemplarem verbas destinadas ao desporto e juventude”.

A CDU propõe ainda a criação de uma “estratégia de desenvolvimento turístico integrado, valorizando os ex-libris do Ribatejo: o rio Tejo, Valada e a Palhota, que inclua: a requalificação da zona ribeirinha do Tejo, com a construção de passeio ribeirinho e a recuperação dos diques, da tapada e do circuito de manutenção; e a criação de uma rota turística rural, que integre o património edificado e o vinho”.

Leia Também  Desfile da Paz e Concerto de Natal assinalam época festiva no Cartaxo

Relativamente à rede viária, a CDU propõe “melhorar os acessos à zona Industrial de Vila Chã de Ourique, implementar uma correta sinalização vertical e horizontal nas estradas do concelho, garantindo a segurança rodoviária dos utentes”; assim como “a reabertura da Estrada Nacional 3 no seu percurso original”.

No que diz respeito à qualidade de vida, a CDU propõe a “requalificação dos espaços públicos (jardins e passeios), promovendo a sua gestão de forma racional e a sua humanização, em conjunto com a reorganização do trânsito e dos lugares de estacionamento disponíveis na cidade”.

Fazem ainda parte das prioridade da CDU Cartaxo a criação de “melhores condições de trabalho para os funcionários do Parque de Máquinas” e a “dinamização da Zona Industrial do Casal Branco”.

Pode gostar também
Comentários
Loading...