Cinema independente traz memórias de Auschwitz ao CCC

158

 

Em fevereiro, as sessões Midas Filmes voltam ao Centro Cultural do Cartaxo para exibir três documentários que constituem o ciclo de cinema Em Memória da Libertação de Auschwitz, que teve lugar em janeiro de 1945. Esta sexta-feira, 3 de fevereiro, passa ‘A Noite Cairá’, de André Singer, como sempre às 22h.

A Noite Cairá, de André Singer, é um filme de 2014, que recebeu uma menção especial no Festival de Jerusalém.

A 15 de Abril de 1945, as tropas britânicas libertaram o campo de concentração de Bergen-Belsen. Uma equipa de filmagens filmou as pilhas de cadáveres e os sobreviventes, provas irrefutáveis dos crimes cometidos pelo regime Nazi. O produtor Sidney Bernstein planeava usá-las num filme e convidou Alfred Hitchcock para o montar. A Noite Cairá segue as pisadas deste filme inacabado conhecido como o “Hitchcock perdido”.

 

Dia 10, passa Vida Activa: O Espírito de Hannah Arendt, de Ada Ushpiz. Um filme de 2015, distinguido como Melhor Documentário no Festivad de Santa Barbara e distinguido no Festival de Jerusalém e Festival de Amesterdão.

A filósofa alemã Hannah Arendt causou polémica na década de 1960 ao desenvolver o conceito subversivo da “banalidade do mal” referindo-se ao julgamento de Adolf Eichmann, sobre o qual escreveu para a revista The New Yorker. Este documentário oferece um retrato intimista da vida de Arendt, viajando pelos lugares onde viveu, trabalhou, amou, e foi traída, enquanto escrevia sobre as feridas abertas dos tempos modernos.

 

 

 

Dia 17 de fevereiro é a vez de O Espírito de 45, de Ken Loach, de 2013. O ano de 1945 – que coincide com o fim dos terríveis anos da Segunda Grande Guerra – foi marcado por acontecimentos que alteraram não apenas a Europa, mas vários outros continentes. Durante este período, a união e o espírito de entreajuda dominavam as pessoas, desde os mais jovens aos mais idosos. Com este documentário, que avalia o que se passou especificamente na Grã-Bretanha, Ken Loach oferece ao espetador diversas narrativas e registos históricos que revelam a peculiaridade do espírito dessa época, demonstrando de que forma esse entusiasmo e esperança no futuro podem ser inspiradores para os dias de hoje.

Pode gostar também