Faleceu Hélder Travado

O funeral realiza-se no sábado

2.475

 

Hélder Travado, presidente da Comissão Administrativa do Concelho do Cartaxo no pós-25 de Abril (1974-1976), faleceu esta quinta-feira vítima de doença, aos 88 anos, no Hospital Distrital de Santarém.

Topógrafo, primeiro, e depois professor de Geografia, viajou pelo mundo, viveu e trabalhou em Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Comunista, para além de presidente da Comissão Administrativa, foi também vereador (1989-1996), mas o seu nome fica indubitavelmente ligado ao Cartaxo como o homem que abriu caminho à realização das primeiras eleições democráticas no concelho.

O PCP Cartaxo, em comunicado, afirma que “o Cartaxo e todos nós ficamos mais pobres com a perda desta grande referência da Democracia e exemplo de cidadania. Homem de convicções e, tal como ele gostava de afirmar, ‘sou comunista desde que nasci’. À família as nossas sentidas condolências, com a certeza que no futuro tudo faremos para seguir o seu exemplo”.

A Câmara Municipal do Cartaxo decretou três dias de luto municipal em homenagem à memória de Hélder Travado.

O corpo de Hélder Travado vai estar em câmara ardente no Salão Nobre dos Paços do Concelho a partir das 11h desta sexta-feira, 21 de abril. O funeral realiza-se no sábado, saindo o cortejo fúnebre do Salão Nobre pelas 13h em direção ao cemitério da Póvoa de Santa Iria, onde será cremado, pelas 14h. Antes da saída do cortejo fúnebre, haverá lugar a um momento solene de homenagem, que contará com as intervenções do seu filho e do presidente da Câmara Municipal.

As cerimónias fúnebres estarão a cargo da Agência Funerária Periquito.

 

Pode gostar também