Cartaxo | Diário digital

Minoc 2016 é estrela entre pratos de excelência

Desafio enogastronómico com um menu criativo, saboroso, e apurado pelo Minoc tinto

1.252

Rita Conim Pinto apresentou o seu último vinho tinto, Minoc 2016, na passada quinta-feira, em Santarém, na Taberna Ó Balcão, desafiando o chef Rodrigo Castelo a apresentar um menu e criarem uma harmonização perfeita

Foi um evento onde se apresentou e degustou o Minoc 2016, um vinho de autor, descrito por Rita Conim Pinto como “um produto exclusivo e limitado, produzido com muita paixão para quem aprecia um bom vinho e bons momentos”. O Jornal de Cá comprovou-o, à mesa, numa harmonização com os pratos preparados pelo chef Rodrigo Castelo, proprietário da Taberna Ó Balcão, na companhia de cerca de trinta pessoas que se aventuraram neste “desafio enogastronómico”.

Na mesa Rodrigo Castelo apresentou, como entrada, pão, patê de capado, manteiga e azeitonas, desafiando depois o paladar dos convivas com um croquete de toiro e uma sandes de capado (com maionese e lima), para comer à mão (a conselho do chef). Já com a ajuda da colher, é a sopa de peixe do rio com ovas de barbo que degustamos, e nos deixa um sabor picante na boca, que refresca logo após um gole de Minoc tinto. De “alfaias” na mão, passamos ao segundo prato: cabresto com puré de outono – uma carne amaciada pelo Minoc tinto, durante oito horas, acompanhada de um puré de cogumelos e, claro está, do vinho da noite, num casamento muito feliz. “O vinho ganha com o prato e o prato com o vinho”, defende o chef, apoiado pela enóloga e convivas presentes, deliciados nesta noite de degustação com direito a uma ficha de análise sensorial, que Rita Conim Pinto juntou à ementa desafiando os presentes a uma análise mais rigorosa do vinho.

Leia Também  Mário Silva e Pedro Nazareth Barbosa distinguidos no Dia do Município

A sobremesa não tardou – pera bêbeda, alecrim e arrepiado – e veio fechar com chave d’ouro um menu criativo, saboroso e, sem dúvida, apurado pelo Minoc 2016.

Não perca na próxima edição do Jornal de Cá (1 de dezembro), a entrevista a Rita Conim Pinto, que nos fala do seu fascínio pelos vinhos, do seu vinho, e do seu percurso na área da enologia, que conta com uma passagem por cá: “durante os seis anos que trabalhei no concelho do Cartaxo, fui muito feliz e muito bem acolhida em qualquer uma das empresas”, conta.

Pode gostar também
Comentários
Loading...