7 boas razões para usar barba

A barba que o seu marido ou namorado insiste em usar pica, provoca comichão e deixa-lhe a pele numa lástima? Já o tentou convencer a optar pela “pele de bebé” sem qualquer sucesso? Pois… lamentamos ter de lhe dizer que ele pode ter mesmo razão.

Segundo o site do Huffington Post, existem pelo menos sete razões – válidas – para optar pelo ‘look barbudo’.

A barba desacelera o processo de envelhecimento. Diz o site que, segundo um estudo publicado no jornal Radiation Protection Dosimetry, a barba bloqueia 90 a 95% da radiação UV, prevenindo o aparecimento de rugas e reduzindo o risco de cancro da pele.

Além disso, a barba elimina os pelos encravados, já que quem faz a barba tem uma maior tendência a desenvolver irritações na pele e, consequentemente, a ter pelos encravados.

Depois – e esta é inegável – dá um ar mais masculino.

Outra das vantagens apresentadas está ligada ao tempo livre que os homens barbudos têm a mais que os que fazem a barba. Já em 1972, o diretor do departamento de dermatoloia da Universidade de Boston dizia que o homem que faz a barba passa cerca de 3,350 horas nesta tarefa.

Mais artigos
1 De 3

Curiosamente, a barba reduz os sintomas de asma e alergia, já que ‘agarra’ algumas poeiras e pólenes antes destes entrarem em contacto com o sistema respiratório.

A barba aquece, ou melhor, ajuda a manter a pele (e o corpo) quente.

Por fim, mantém a pele hidratada. Ao contrário dos homens que fazem a barba e que devem usar cremes após esta tarefa, de forma a prevenir alguma secura na pele, a barba ajuda-a naturalmente a manter-se hidratada, retendo os óleos que a pele produz.

Por isso, ou não mostra este artigo a nenhum homem, ou o melhor é mesmo resignar-se a ter de conviver com alguns pelos faciais… Ah! Aproveite, e invista num bom creme para si. Sempre tem a desculpa que “a barba pica”…


 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.