“A viragem é fundamental para voltar a acordar Vale da Pedra”

Entrevista do Jornal de Cá a Celestino Marques, candidato do PSD à Freguesia de Vale da Pedra, nas eleições autárquicas de 2021, marcadas para 26 de setembro.

Como vê a freguesia de Vale da Pedra na atualidade?
Conhecendo a realidade da minha terra desde o início da década de 70, parece-me que se perderam nos últimos anos muitas das dinâmicas saudáveis que a junta mantinha com as associações da terra e a própria comunidade.

Sinto que a minha freguesia está adormecida e conformada com a falta de apoio e investimento do município para estancar a trajetória de degradação do nosso espaço público. É triste ver o nosso campo da bola e as suas imediações, que no passado eram locais de confraternização, transformados em depósitos ilegais para despejo de entulhos, móveis velhos e ramas da poda de árvores, tudo isto com total passividade da Junta e do Município.

As nossas ruas e passeios não têm a devida manutenção e os tempos de reparação ultrapassam todos os limites da razoabilidade. Estas são preocupações que incomodam as pessoas e para as quais não se têm visto soluções.

Percorrendo a rua da Ponderosa desde o seu início na rua da Cabine, passando pelo Lar de Idosos Solserra e terminando na rua do Canto do Muro parece que estamos a passar numa autêntica manta de retalhos. O estado em que se encontram as Ruas José Henriques Barata ou Rua da Chefa é representativo de um total desmazelo e esquecimento da nossa população, atitudes com as quais a nossa Junta não pode continuar a ser conivente.

Ler
1 De 30

Já lá vai o tempo em que se conseguia maquilhar estas situações com camadas de pó de pedra. Hoje é preciso coragem para exigir o investimento em camadas betuminosas, drenagem assegurando a devida manutenção e limpeza para não se repetir os mesmos erros do passado.

Quais as suas prioridades para Vale da Pedra?
Poderia enumerar várias prioridades para a nossa freguesia, mas para mim a principal passará pela concretização de medidas que, de forma articulada com a Câmara e restantes freguesias, permitam requalificar e conservar a nossa rede viária e pedonal. Não é preciso fazer tudo num dia, mas a pouco e pouco podemos ir melhorando o que existe.

Outra grande prioridade que terei sempre em atenção será garantir a oferta dos polos de ensino primário e pré-escolar na nossa freguesia, tal que os mais jovens ou aqueles que aqui se pretendam fixar tenham condições para constituir as suas famílias.

Na medida do possível, queremos aumentar a oferta de mobiliário urbano destinado ao convívio dos nossos seniores, garantindo-lhes ainda uma agenda mais rica de atividades lúdicas e recreativas a implementar com o apoio das instituições e coletividades existentes.

Também enquanto presidente de Junta procurarei colocar os nossos serviços a apoiar a população residente mais idosa e com mais dificuldades de compreensão das novas tecnologias no tratamento de documentos e procedimentos que hoje podem ser feitos online nos sites dos organismos públicos.

O que ambiciona para a freguesia de Vale da Pedra?
A nossa grande ambição é a criação de um corredor pedonal que ligue toda a nossa freguesia, oferecendo segurança a quem cá vive e circula. Julgo que de forma sustentável se poderia numa 1ª fase fazer esta empreitada pelo menos de um dos lados da rua 25 de Abril de Vale da Pedra até à Cruz do Campo, fazendo o outro lado numa 2ª fase. Estes espaços poderiam ser construídos com o auxílio de fundos comunitários para a mobilidade urbana, enquadrando uma faixa para ciclovia e abrigos para transporte coletivo.

O que é que Vale da Pedra tem a ganhar com a sua eleição?
A grande riqueza da democracia é a possibilidade de se alternar o poder consoante a população considere necessário. Esta alternância é fundamental para se quebrarem vícios que naturalmente se instalam pela perpetuação no poder. Quem vem pela primeira vez sente a necessidade de demonstrar aos seus eleitores provas da merecida confiança. Acredito que essa viragem é fundamental para voltar a acordar Vale da Pedra.

Se recuarmos aos anos de 1988 a 1993, primeiros cinco anos de vida da nossa freguesia, período no qual assumi funções de secretário da Junta de Freguesia, foi bem visível o empenho de todo o executivo, presidente, secretário e tesoureiro, na criação de mais valor para a freguesia.

Foi assim que conseguimos aumentar a cobertura de espaços viários asfaltados ou desenvolver infraestruturas de água e de esgotos que faltavam em Vale da Pedra.

Com poucos meios conseguimos unir a comunidade, fazer obra e reivindicar investimentos que faziam falta para a nossa freguesia.

É este o espírito que revejo nesta candidatura. Por um lado, uma equipa nova com redobrado empenho em trazer novas soluções para a freguesia e, por outro, o suporte da minha experiência enquanto autarca e dirigente associativo.

Com dedicação, humildade e empenho estamos disponíveis para servir os valedapedrenses que não se reveem na governação atual.

*Freguesia de Vale da Pedra
A população residente da Freguesia de Vale da Pedra é composta por cerca de 1 800 habitantes, dispersos numa área total de 14,5 km2, tendo uma densidade populacional de 124,5 hab/km2.

Pode gostar também