Acesso à Fluvina e Parque das Merendas de Valada sem restrições

O acesso rodoviário à fluvina e ao Parque de estacionamento de Valada foi reaberto, este fim de semana, por decisão do presidente da Câmara Pedro Ribeiro, que reitera a confiança “na ação pedagógica da GNR, assim como no sentido de responsabilidade de todos aqueles que irão escolher Valada como seu destino deste fim de semana. Apelamos, por isso, a todos ao cumprimento das regras afixadas neste espaço público. O plano de contingência será objeto de permanente avaliação e atualização sempre que se justifique a adoção de novas medidas”.

O acesso esteve encerrado durante os últimos fins de semana, com o objetivo de condicionar e reduzir o afluxo de visitantes a Valada por ser a freguesia com a população mais idosa do concelho e que, por isso, “se constitui como população de risco no âmbito da doença Covid-19”, refere o autarca acrescentando que muitas pessoas “que procuram a freguesia de Valada e os seus espaços de lazer são oriundas da área metropolitana de Lisboa, que ainda regista o maior número de novos casos positivos no nosso país”.

O Plano de Contingência agora definido, para além do reforço de fiscalização por parte da GNR, prevê o aumento das ações de sensibilização tendo em vista o cumprimento das recomendações das autoridades de saúde.

Fluvina, zona de areal e Parque de Merendas com regras para cumprir

Usar máscara facial sempre que possível, apesar de ser um espaço aberto, lavar as mãos frequentemente e bem, tapar a boca e o nariz com o braço quando espirrar ou tossir, são os gestos que o Plano de Contingência e as mensagens afixadas e sonoras vão continuar a lembrar a todos.

Mais artigos
1 De 150

Em todo o espaço estão disponíveis dispensadores de gel desinfetante, que os utilizadores devem usar sempre que tocarem em objetos de utilização comum. O plano de contingência define que a recolha e acondicionamento de todos os resíduos são obrigatórios, reforçando a necessidade de especial atenção a beatas de cigarro, copos, pratos ou talheres descartáveis, luvas e máscaras usadas.

Na zona de areia junto à margem do rio não serão permitidas motos de água, nem as atividades desportivas entre duas ou mais pessoas. O acesso de carros à areia está encerrado. É recomendado que se cumpram dois metros de distanciamento entre grupos, para além de três metros de distanciamento entre guarda-sóis. A circulação na fluvina e na zona de areia, deverá ser sempre feita pela direita, impedido que quem deixa o espaço e quem chega, se cruze.

O Plano de Contingência indica também que se mantêm encerrados alguns equipamentos – as instalações sanitárias, o parque infantil e os equipamentos de ginástica.

Em nota enviada às redações, a Câmara Municipal recomenda ainda que cada grupo de pessoas – seja de família ou amigos, que forem juntos –, se mantenha a uma distância de pelo menos dois metros de outros grupos de pessoas. No Parque de Merendas as mesas foram reorganizadas no espaço e em cada uma delas apenas se poderá manter um grupo de pessoas, pelo que, não será também permitido alterar a disposição das mesas.

Segundo o Município a vigilância que o Serviço Municipal de Proteção Civil – em parceria com a junta de freguesia, as forças de segurança e a autoridade de saúde pública – tem dedicado a esta zona, “a que muitas pessoas ocorrem para estar em família, entre amigos e para usufruir da natureza, levou-nos a decidir pela necessidade de criar um Plano de Contingência dedicado que agora nos permita reabrir o acesso rodoviário”.

Para o presidente da Câmara, Pedro Ribeiro, “os sacrifícios efetuados por todos nos últimos meses, no âmbito das medidas do confinamento, não se podem perder por comportamentos de risco de alguns”, e lembra que a Situação de Calamidade se mantém em vigor até ao dia 28 de junho e que “continuamos a ter um número elevado de casos positivos no concelho”. O autarca apela a cada uma das pessoas que “usufruem deste nosso espaço ribeirinho, para se manterem alerta, porque é no comportamento de cada um, que reside não só a sua saúde, mas também a saúde de muitas outras pessoas”.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.