Alexandra Barros é a candidata do PSD à União de Freguesias Ereira e Lapa

Alexandra Barros é a candidata do PSD à União de Freguesias da Ereira e Lapa nas próximas eleições autárquicas, marcadas para 26 de setembro.

A candidata, técnica de contabilidade numa empresa com sede na União de Freguesias, “quer trabalhar com uma maior proximidade às pessoas, deixando de lado as cores partidárias ou quaisquer outros interesses que não sejam aumentar a qualidade de vida daqueles que vivem no seu território”, diz o comunicado da direção de campanha do PSD para as eleições autárquicas, cujo lema é “Acreditar no Futuro”.

Alexandra Isabel Bento Barros Duarte, de 35 anos, natural da Lapa, reside atualmente nos Casais da Lapa com o seu companheiro e filho. “Aguerrida e defensora dos interesses da sua comunidade, em 2019 e juntamente com um grupo de pais, dinamizou a requalificação do Jardim de Infância da Lapa, trabalhando e angariando donativos para garantir condições dignas a este equipamento fulcral para a sua terra”.

Ainda segundo a nota do PSD, “a sua candidatura tem ainda como prioridades: recuperar o valor de espaços emblemáticos da União das Freguesias que atualmente estão subaproveitados ou desperdiçados; dinamizar atividades de lazer focadas para crianças e idosos tendo como suporte a história e tradições de ambas as freguesias e aumentar a fiscalização perante o cumprimento das promessas da Câmara Municipal no território sob a alçada da Junta de Freguesia”.

A Comissão Política do PSD Cartaxo salienta “a grande motivação e ambição da Alexandra Barros em apresentar uma alternativa que pretende, por um lado trazer energia e novas ideias para o funcionamento da Junta e, por outro, combater o conformismo e a inércia que atualmente se encontra enraizada em muitas freguesias do nosso concelho”.

Para Alexandra Duarte, “é tempo de virar a página e apostar também em novas ferramentas que permitam ter uma Junta mais moderna e funcional na resposta às pessoas de diferentes faixas etárias. Numa outra vertente quero aumentar a exigência perante o município no sentido de reivindicar infraestruturas que são da sua responsabilidade e que levam atrasos de décadas, prejudicando aqueles que cá habitam e pagam os seus impostos. Nesta vertente quero ser uma interlocutora capaz de contribuir para a concretização de investimentos prometidos, mas não cumpridos no nosso território. Em suma quero contribuir para que, de forma responsável, se aproveite o que de melhor a Ereira e a Lapa têm para oferecer àqueles que aqui vivem ou se pretendem fixar. Acredito que é possível fazer bem melhor e é com essa ambição que assumo este desafio”, remata a candidata.

Ler
1 De 30

Veja aqui quem são os candidatos aos órgãos autárquicos do concelho do Cartaxo, já anunciados, às próximas eleições autárquicas.

Pode gostar também