Liv’reira de portas abertas até domingo

O Centro Cultural do Cartaxo recebe, por estes dias e até domingo, 1 de dezembro, a Liv’reira – Uma Viagem à Volta dos Livros, já na sua quarta edição e que assinala os dez anos do Grupo Herêra, organizador desta feira do livro, que até aqui se tem realizado na Ereira.

Na inauguração do evento, esta quinta-feira, Ana Bernardino foi a porta-voz do Grupo Herêra, e lembrou que a organização de um evento destes não é fácil e só se consegue “com a ajuda de todos”.

E como o Grupo Herêra faz dez anos, João Nunes, presidente da União de Freguesias Ereira e Lapa não quis deixar de lembrar o trabalho que este grupo vem desenvolvendo para a recuperação e salvaguarda do património da localidade como, por exemplo, o coro alto da Igreja Matriz da Ereira. “Aqui fica o meu agradecimento ao Grupo Herêra por todos os seus feitos em prol da sua freguesia”, disse.

Délio Pereira, presidente da União de Freguesias Cartaxo e Vale da Pinta, que acolhe esta feira do livro pela primeira vez, destacou que “este é um evento de grande coragem. Não é uma iniciativa que acolha grande multidão, é para um público específico”, ao mesmo tempo que realçou que “é um prazer enorme receber a União de Freguesias Ereira e Lapa na nossa terra”.

A vereadora da Cultura na Câmara do Cartaxo, Elvira Tristão, destacou que “é com muito gosto que o Centro Cultural acolhe esta Liv’reira, que deu um salto para um outro espaço. Os livros não têm de estar encerrados em espaços específicos, a leitura e os livros, cada vez mais, são convidados para espaços improváveis e este espaço improvável (Centro Cultural) espero que venha a ser, também dedicado aos livros”.

“Esta iniciativa ajuda-nos a cumprir o papel deste Centro Cultural, que foi pensado para estar aberto a todas as expressões culturais”, salientou o presidente da Câmara Municipal, Pedro Ribeiro.

A primeira noite de Liv’reira contou, ainda, com a atuação da Sociedade Filarmónica Ereirense e com um tertúlia sobre teatro.

Já esta sexta-feira foi dedicada aos mais pequenos, com a apresentação do livro ‘Regras na sala de aula”, de Sérgio Franclim e das “101 histórias do Tio Julião para fazer oó”, de Júlio Isidro, que contou histórias bem divertidas aos alunos das escolas básicas nº1 e nº3 do Cartaxo.

Ainda hoje, mas à noite, a conversa roda em volta de “Os livros das nossas vidas”, com o padre Arlindo Miguel, o diretor do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita, Jorge Tavares, e a diretora do Jornal de Cá, Fátima Machado Rebelo.

Fique a conhecer todo o programa da Liv’reira aqui.

CartaxoCentro CulturalGrupo HerêraLiv'reira