André Ramalho Rei da Montanha em Sevilha

A equipa de sub-23 do Clube de Ciclismo José Maria Nicolau deslocou-se, no passado fim de semana (22 e 23), a Espanha para a realização do XII Challenge Vuelta a Sevilla, prova composta por duas provas independentes, a XV Clásica de Santa Ana e a XVIII Clásica Velá de Triana. Em ambas as provas André Ramalho esteve em destaque ao vencer o prémio da montanha.

Equipa Jorbi-Team sub-23

A primeira das provas a ser realizada foi a XV Clásica de Santa Ana, que apresentava um percurso essencialmente plano com apenas uma contagem de montanha, contagem essa onde o ciclista da equipa do Cartaxo, André Ramalho, foi o primeiro classificado, garantindo a liderança nesta classificação.

Quando tudo parecia bem encaminhado para um sprint massivo do pelotão, com os atletas da Jorbi-Team José Maria Nicolau bem colocados, um furo e duas quedas afastaram-nos dessa discussão, causando ainda algumas mazelas e perda de tempo que os deixava fora da discussão da prova.

Ao segundo dia, e sabendo que entrar na discussão da classificação geral era já muito complicado, os sub-23 da Jorbi-Team partiram para a XVIII Clásica Velá de Triana com a missão de garantir novamente a classificação da montanha, pois estavam em disputa duas contagens para esta classificação. Na primeira contagem no alto de Castillblanco, André Ramalho foi terceiro, mas na segunda, e seguindo numa fuga de 14 elementos, conseguiu garantir a liderança da montanha, ao passar na primeira posição no alto de La Media Fanega. A fuga onde seguia integrado André Ramalho durou até bem perto do final, mas a perseguição feroz do pelotão, ditou que fosse um final ao sprint a decidir a etapa, onde Ramalho seria 27º, seguido de Germano Arroyo em 45º e Jorge Marques em 63º lugar.


Classificação Geral
 André Ramalho 67ºJorge Marques 68º; Germano Arroyo 73ºAndré Cunha 75ºBernardo Gonçalves 78º; Sandro Branco 99º 

Mais artigos
1 De 178

Montanha: 1º lugar – André Ramalho

Pode gostar também

Comentários estão fechados.