Auditório Marcelino Mesquita a abarrotar para tomada de posse do diretor do Agrupamento

Jorge Tavares foi reconduzido no cargo em junho, para o quadriénio 2017/2021

 

Realizou-se esta segunda-feira, 17 de junho, ao final da tarde, a cerimónia de tomada de posse para mais um mandato de Jorge Tavares como diretor do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo, reconduzido no cargo em junho, para o quadriénio 2017/2021.

Délio Pereira, presidente da Junta da União de Freguesias Cartaxo e Vale da Pinta e representante da autarquia no Conselho Geral, lembrou o processo que levou à recondução de Jorge Tavares no cargo por unanimidade. “Para nós foi, de facto, um momento muito importante, tendo em conta que acompanhámos, ao longo deste período, aquilo que foi o trabalho e a dedicação, ao fim e ao cabo, todas estas características que compõem o nosso diretor”, referiu.

Depois da tomada de posse, Maria de São José, presidente do Conselho Geral, endereçou os parabéns a Jorge Tavares, “desejando muito sucesso no seu trabalho, convergindo para uma educação para todos, uma via para a excelência. É um projeto ambicioso, que pretende a igualdade de oportunidades, de sucesso, que visa educar e integrar, abrir caminhos alternativos”. Maria de São José realçou, ainda, que “ao tratar-se de uma recondução no cargo não significa que o ato se resuma a uma simples renovação ou continuidade, mas sim a um momento único de reconhecimento do mérito de alguém que tanto tem dedicado, ao longo de todos estes anos, à gestão deste Agrupamento, alguém que lidera este Agrupamento que o trata como seu e que melhor que ninguém o conhece, assim como a realidade onde o mesmo está inserido”.

Jorge Tavares começou por salientar que “12 anos depois de tomar posse pela primeira vez, a alegria, o entusiasmo e a motivação mantêm-se intactas. Este último mandato foi caracterizado por um salto significativo na melhoria das condições de aprendizagem”, com a construção da nova escola-sede, melhorias em diversos estabelecimentos de ensino do Agrupamento, ou a duplicação das salas de Educação Especial.

Mais artigos
1 De 49

Em jeito de balanço, Jorge Tavares realçou a melhoria dos resultados no ensino secundário, “tornando a Escola Secundária na escola com melhores resultados no distrito de Santarém” bem como os bons resultados nas Olimpíadas da Matemática, Filosofia e Desporto Escolar.

Para o futuro, Jorge Tavares projeta a construção de mais uma unidade de Ensino Especial, “desta vez, na Escola Secundária, a criação de estratégias de sucesso para que possamos melhorar a qualidade do nosso ensino profissional e em disciplinas como a Geometria Descritiva, cujos resultados continuam aquém dos alcançados nas restantes disciplinas de exame”.

O presidente da Câmara do Cartaxo, Pedro Ribeiro, relembrou que “para educar uma criança é preciso a aldeia toda, e é bom olhar em frente e ver a aldeia toda aqui representada”.

O autarca acrescentou que “é bom ver esta entrega dos professores à escola, ver uma sala cheia na tomada de posse de um diretor, a esta hora, nesta altura do ano, acho que tem um significado imenso e, do ponto de vista simbólico, acho que é o reconhecimento e o maior elogio que alguém lhe pode fazer é, de facto, ter uma escola inteira com ele”.

O Diretor Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo, Francisco Neves, salientou que “o professor Jorge Tavares é, de facto, um humanista”, que lidera um projeto “que aspira sempre ir mais além”. “Estamos perante um projeto educativo que se tem vindo a renovar, que tem vindo a aumentar na sua qualidade e que, por isso mesmo, dá resposta a toda esta comunidade educativa que, representada no Conselho Geral, o elegeu por unanimidade”, terminou.

A cerimónia contou, também, com um momento de poesia pelos alunos da professora Isabel Castro, do 2º ano da EB 1 nº2 do Cartaxo, bem como com a interpretação do Hino da Escola, pelos alunos do professor Paulo Jarego, a atuação da Banda de Ká, e terminou com um Cartaxo de Honra, servido pelos alunos do curso de Restauração da Escola Secundária.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.