Autárquicas 2017: Ana Catarina Vieira é candidata do MIP a Valada

Ana Catarina Vieira, atual presidente da Assembleia de Freguesia de Valada pelo PV - MPC, é a cabeça de lista à freguesia pelo MIP

 

Ana Catarina Vieira, atual presidente da Assembleia de Freguesia de Valada pelo PV – MPC (Paulo Varanda – Movimento Pelo Cartaxo), é a cabeça de lista à freguesia MIP (Movimento Independente Pluralista).

Um desafio que Ana Catarina Vieira disse aceitar, em declarações ao Jornal de Cá, “porque entendo que reúno a vontade, o querer e as competências adequadas ao exercício das funções de presidente de Junta. O facto de, nos últimos três anos, ter vindo a exercer funções distintas, enquanto presidente da Assembleia de Freguesia, em nada obsta ao exercício das funções a que agora me candidato. A verdade é que a vida é feita de desafios e eu nunca virei as costas a desafios”.

Para já, a candidata traça como objetivos desta candidatura “a necessidade de potenciar o desenvolvimento da freguesia a partir das suas condições naturais, de modo a evitar o seu despovoamento, bem como a necessidade de desenvolver todo um conjunto de medidas tendentes a proteger os interesses da sua população, o seu património cultural e ambiental”, entre outros.

Ana Catarina Vieira lamenta que a freguesia ainda continue com problemas ao nível do saneamento, da manutenção e conservação dos diques ou da conservação da rede viária, por exemplo.

Questionada sobre o ‘combate’ com Margarida Abade, atualmente eleita pelo PV – MPC na Junta de Valada e já anunciada como cabeça de lista do PS nas eleições de 1 de outubro, Ana Catarina Vieira diz que este facto não deverá, nunca ser entendido como um combate, até porque “durante estes cerca de quatro anos temos desempenhado as nossas funções nos órgãos para os quais fomos eleitas, pautando o nosso relacionamento pelo respeito e cordialidade que se impõe numa sã convivência social. E é com o mesmo respeito, cordialidade, humildade e até amizade que irei liderar a minha candidatura, não estamos num ringue de ‘combate’. Ambas lideramos listas concorrentes, temos os nossos objetivos e ideais mas, acima de tudo, temos em comum a freguesia que nos viu nascer: Valada”, salienta.

Também por isso, a candidata assegura que estará disponível para trabalhar com qualquer força política que venha a vencer as eleições na freguesia. “Mesmo antes de ser autarca eu sempre promovi a minha freguesia e sempre lutei pelo seu desenvolvimento. Sempre tive um papel ativo na defesa da minha freguesia e dos seus habitantes. Quando temos objetivos não precisamos de grandes palcos, precisamos, isso sim, de trabalhar e, com humildade e honestidade, contribuir para o desenvolvimento da nossa freguesia, sempre o fiz e continuarei a fazer”.
Mais artigos
1 De 38
Ana Catarina Vieira é advogada, monitora de formação profissional e, desde 2013, é autarca, exercendo as funções de presidente da Mesa da Assembleia de Freguesia, em Valada, eleita pelo PV-MPC.
Pode gostar também

Comentários estão fechados.