Autárquicas 2017: CDU preocupada com Valada

Esta visita contou com a presença dos cabeças de lista às freguesias bem como de Orlando Casqueiro, candidato à Câmara Municipal

 

A CDU está a fazer um Roteiro pelo Concelho do Cartaxo, com o objetivo de tomar o pulso da realidade do concelho.

Assim, a CDU esteve em Valada, que considera, em comunicado, “ser a freguesia com mais potencial de desenvolvimento económico, dada a sua posição privilegiada junto ao rio Tejo”. Não obstante, o comunicado adianta que “o investimento realizado naquela zona, incluindo de iniciativa privada, continua a ser reduzido para uma dinamização efetiva daquela área. A CDU Cartaxo entende que a zona ribeirinha de Valada deve ser alvo de um plano municipal estruturante, que alie o turismo ao desenvolvimento sustentável, tendo o rio Tejo como fator agregador e motor de crescimento económico da freguesia e do concelho”.

A comitiva da CDU visitou a antiga ETAR de Valada, bem como a zona ribeirinha desde as antigas instalações pertencentes à Agência Portuguesa de Ambiente até à fluvina. Ao longo deste percurso, a CDU assinala “o estado de abandono das instalações pertencentes à Agência, cujo aproveitamento poderia servir propósitos turísticos; a falta de limpeza da mata e dos terrenos junto ao rio; a parca manutenção do dique, que exerce um papel preponderante na defesa dos moradores da freguesia em caso de cheias; a degradação do campo de futebol, o primeiro campo relvado em todo o concelho;a falta de manutenção do parque das merendas e dos seus equipamentos, como o parque infantil e os sanitários públicos; a fragilidade da estrutura da fluvina em caso de cheias; o mau estado das bermas e valetas de algumas ruas em Valada”.

Já na aldeia avieira de Palhota, a CDU defende a “necessidade de uma reabilitação urgente das antigas casas dos pescadores, como forma de perpetuar a sua herança histórica”.

A CDU garante estar preocupada com a demora nas obras da Extensão de Saúde de Valada, “que condicionam o normal funcionamento da unidade e obriga que os utentes, principalmente os mais idosos, tenham de se deslocar à Unidade de Saúde Familiar D. Sancho I, em Pontével, com sérias dificuldades”, bem como com a segurança rodoviária nas estradas da freguesia, “principalmente a resiliência da estrutura da Ponte Rainha D. Amélia e a perigosidade da Estrada Nacional 3-3, no troço entre o apeadeiro de Santana e Valada. Este troço, determinante para a circulação na freguesia e a atividade agrícola, não oferece as mínimas condições de segurança, pela largura da via insuficiente para o trânsito nos dois sentidos (em parte do percurso) e a falta de sinalização vertical e horizontal”, adianta o comunicado.

Mais artigos
1 De 39

Esta visita contou com a participação de Rogério Mendonça, candidato pela CDU à presidência da Junta de Freguesia de Valada. Estiveram, ainda, presentes Orlando Casqueiro (candidato à presidência da Câmara), Marina Costa (Vale da Pedra), Artur Venâncio (Vila Chã de Ourique), Pedro Amorim (Pontével), Rodrigo Rodrigues (Ereira/Lapa), José Manuel Freitas (segundo candidato à Assembleia Municipal), José Barreto (segundo candidato à Câmara Municipal), José Horta, Délio Pereira e Pedro Camacho.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.