Autárquicas 2017: Vasco Casimiro é o candidato do PS a Vila Chã de Ourique

Vasco Casimiro é candidato a presidente da Junta de Freguesia de Vila Chã de Ourique

©Jornal de Cá/ Vitor Neno

A candidatura de Vasco de Sousa Casimiro à Junta de Freguesia de Vila Chã de Ourique foi aprovada por unanimidade e aclamação pela Comissão Política Concelhia do Partido Socialista do Cartaxo da passada segunda-feira. Uma nomeação que deixou o candidato satisfeito, porque “foi como que um reconhecimento do partido e das pessoas pelo trabalho que foi feito até aqui”, referiu ao Jornal de Cá.

Vasco de Sousa Casimiro assegura que a equipa já está praticamente toda formada e adianta que a recetividade à sua candidatura tem sido boa por parte dos ouriquenses, que olham para este projeto “como se fosse uma continuação, porque se o presidente é o mesmo, é para continuar o trabalho. É claro que há pessoas que apostavam mais na continuidade (do executivo tripartido), mas o povo é que vai ditar a continuidade ou não”.

Como prioridades para o próximo mandato, caso vença as eleições, Vasco de Sousa Casimiro aponta a continuação da recuperação da rede viária, “que já foi iniciada, mas há duas ou três artérias que precisam de intervenção”, e a efetivação do Museu da Freguesia, a instalar na antiga Escola nº 2, “que era uma das apostas em 2013, mas que não conseguimos fazer”.

Ainda neste mandato, o executivo está a tentar proceder à retirada do amianto do Mercado Municipal e quer apresentar o projeto de reestruturação do estaleiro da Junta.

Vasco de Sousa Casimiro, 50 anos, canalizador de profissão, é presidente da Junta de Freguesia de Vila Chã de Ourique desde março de 2015, após o braço de ferro entre as forças políticas mais votadas na vila (PS, PSD e PV-MPC), que acabou por inviabilizar o mandato de Conceição Nogueira, cabeça de lista do PS nas autárquicas de 2013.

Recorde-se que o PS venceu as eleições na freguesia, embora com maioria relativa. A solução encontrada foi a constituição de um executivo tripartido, entre Vasco Casimiro (PS), Domingos Alves (PSD) e Carlos Albuquerque (PV-MPC).

Mais artigos
1 De 35

A propósito da candidatura de Vasco de Sousa Casimiro, Pedro Ribeiro, recandidato à presidência da Câmara Municipal do Cartaxo, disse que “a sua dedicação, o seu amor a Vila Chã de Ourique, a capacidade de trabalho que tem demonstrado e a proximidade que tem às pessoas e às instituições da freguesia fazem do Vasco o melhor candidato que poderíamos ter para defender os interesses desta nossa freguesia”.

 

Vasco de Sousa Casimiro participa desde os 18 anos na vida associativa do concelho, com um papel muito ativo.

Atualmente, é segundo secretário da Assembleia do Rancho Folclórico ‘Os Campinos’ de Vila Chã de Ourique e primeiro secretário da Assembleia do Estrela Futebol Clube  Ouriquense.

Integrou o grupo de Amadores de Teatro Marcelino Mesquita, no Cartaxo, o grupo de teatro Kaspiadas da Casa do Povo de Pontével, Grupo de Teatro Amador Ouriquense – GTAO e Área de Serviço, Glórias Vivas do Rancho Folclórico do Cartaxo e Rancho Folclórico ‘Os Campinos’ de Vila Chã de Ourique, foi fundador da Escola de Fado da Associação Gentes do Cartaxo e fez parte da primeira direção do Centro Social Ouriquense.

Vasco de Sousa Casimiro, que em 2013 foi número dois da lista do PS, assume agora a liderança da candidatura socialista em Vila Chã de Ourique, como independente.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.