“Buraco” em Vila Chã sem solução à vista

Alguns eleitos na Câmara Municipal do Cartaxo e na Junta e Assembleia de Freguesia de Vila Chã de Ourique estiveram esta terça-feira, nove de março, a visitar o empreendimento de Vale d’Algares, bem no coração de Vila Chã de Ourique.

Recorde-se que este empreendimento ficou por concluir há alguns anos, por falência da empresa proprietária do mesmo, a Quatro Âncoras, e desde então muitas têm sido as reclamações com o “buraco” e com a falta de segurança que o mesmo originou na zona. Primeiro, foram as chapas de vedação da obra que começaram a ceder e a colocar em causa a segurança dos transeuntes, devido às arestas que começaram a sobressair da estrutura; depois, foi a grua que lá esteve colocada durante anos e que acabou por ser a Câmara Municipal a mandar retirar do local; e agora são as preocupações com a paragem da obra, que originou um buraco de grandes proporções, apesar de se encontrar totalmente vedado.

Uma situação que não parece ter solução nos tempos mais imediatos. Segundo a vereadora Sónia Serra, responsável pelo Planeamento e Gestão Urbanística, se a Câmara Municipal tomasse alguma atitude estaria a substituir-se aos privados. Além disso, o empreendimento faz parte da massa insolvente, o que originaria que a autarquia pudesse não vir a ser ressarcida de quaisquer verbas que lá gastasse. Por isso, resta esperar que surjam interessados.

Esta visita já tinha sido solicitada por diversas vezes, quer pelos vereadores da oposição, quer pela Assembleia de Freguesia de Vila Chã de Ourique.


Pode gostar também

Comentários estão fechados.