Câmara do Cartaxo reuniu com trabalhadores e administrador da Impormol

 

Pedro Ribeiro, presidente da Câmara do Cartaxo, reuniu ontem, dia 11 de abril, com a comissão de trabalhadores da Frauenthal Automotive Azambuja, conhecida como Impormol, e com o administrador da mesma, Walter Manns, em duas reuniões distintas.

IMG_3299

A reunião com os trabalhadores foi solicitada pelo autarca assim que teve “conhecimento das cartas entregues aos trabalhadores no passado dia 7 de abril, dando conta da interrupção da linha de produção” e a dispensa de apresentação ao trabalho. Segundo Pedro Ribeiro, “esta é uma situação que acompanhamos há algum tempo com muita apreensão, já antes tínhamos reunido com a administração e com os trabalhadores”. A preocupação do autarca abrange, para além da dispensa de 179 colaboradores da empresa, 80 dos quais do concelho do Cartaxo, o impacto que esta situação vai ter noutras “PME do concelho que são fornecedoras da Frauenthal”.

No final das reuniões, o presidente da Câmara explicou que “a empresa evoca como razão para a interrupção da linha de produção o facto de um dos clientes ter cessado a aquisição dos seus produtos, sendo que este cliente representava 98% da produção total”. Ainda segundo Pedro Ribeiro, o administrador da empresa garantiu que “a administração está empenhada na procura de soluções, mostrando vontade de salvar a empresa e encontrar novos clientes”.

O presidente da Câmara do Cartaxo considera que é necessário acompanhar o esforço da administração a par de apoiar os trabalhadores, informando que já solicitou “uma reunião, com caráter de urgência, aos ministros quer do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, quer da Economia, assim como ao Secretário de Estado da Indústria, para a qual convidei o diretor da empresa”, e que se disponibilizou para “estar presente na assembleia geral do dia 13 de abril, assim como a promover um plenário de trabalhadores, com a presença dos serviços e das instituições de ação social, entre estas o Instituto de Emprego e Formação Profissional de Santarém, que possam ser parceiras dos trabalhadores na procura de possíveis soluções futuras”.

Mais artigos
1 De 955

Pedro Ribeiro afirma que “as autarquias do Cartaxo e Azambuja estão a concertar esforços para salvar os postos de trabalho, encontrar soluções para a empresa, envolvendo, para tal, trabalhadores, direção da empresa e entidades governamentais”.

A administração da Impormol marcou uma assembleia geral de trabalhadores para amanhã, quarta-feira, 13 de abril, às 15h00.


 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.