Cartaxo já recebe transferências do Estado na totalidade

 

Depois de tempos tão difíceis, a Câmara do Cartaxo recebeu, finalmente, uma boa notícia: a DGAL (Direção-Geral das Autarquias Locais) suspendeu a redução das transferências do Estado a que a autarquia estava sujeita. Esta suspensão deveu-se à redução do endividamento líquido do Município.

Painel Camara Cartaxo 1536

Segundo o ofício recebido no dia dois de fevereiro, “dado o exercício de 2014, o Município reduziu em mais de dez por cento o respetivo excesso de endividamento líquido”.

Desde 2013 que o Município via dez por cento das transferências que lhe eram devidas pelo Orçamento de Estado ficarem retidos e serem transferidos para o Fundo de Regularização Municipal.


 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.