Cartaxo pode ter de “devolver” sintéticos ao banco

 

A Câmara Municipal do Cartaxo está a tentar resolver mais um imbróglio. Desta vez, diz respeito aos sintéticos instalados em Vila Chã de Ourique e Pontével.

Estrela_ouriquense

Segundo disse o vice-presidente da autarquia, Fernando Amorim, na reunião de câmara desta segunda-feira, realizada na Ereira, o factoring contraído para a instalação destas duas estruturas poderá estar em causa. Fernando Amorim disse que em 2011 o Ministério Público colocou os processos de financiamento destes dois contratos de factoring em tribunal, solicitando que ambos sejam considerados nulos. “O que significa que nós vamos ter de devolver os sintéticos e o banco vai ter de devolver o que já pagámos, coisa que é quase impossível, devolver os sintéticos ao banco”, disse o autarca.

Assim, Fernando Amorim adianta que resta esperar pela decisão do tribunal para, em conjunto com os juristas do banco, ser possível regularizar a situação.


 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.