Cartaxo pode ter de devolver 600 mil euros

 

A Câmara do Cartaxo pode ser obrigada a devolver cerca de 600 mil euros ao INAlentejo.

parque central cartaxo

Em causa estão os bares construídos no âmbito do projeto do Parque Central e um jogo colocado no parque infantil do Parque Central, frente ao Centro Cultural do Cartaxo. Este jogo, conhecido como ‘Jogo das Cores’, da YDreams e único no País, custou cerca de 100 mil euros, e “acho que nunca funcionou, que aquilo facilmente é vandalizado”, disse Pedro Ribeiro, presidente do Município.

“Quando este executivo tomou posse, tinha sobre a sua cabeça a espada dos Fundos Comunitários. Estavam as estradas em risco, as estradas estavam paradas e com litígio mas, para além destas, há uma questão que vem aqui à reunião de Câmara, havia a questão dos bares em frente à Praça de Touros, havia a questão de um jogo em que o anterior executivo investiu qualquer coisa como 100 mil euros, um jogo para o parque infantil, e a gente com os parques infantis no estado em que eles estão”, acrescentou o autarca.

As estradas “conseguimos, in extremis, resolver, acabámos em dezembro de 2015, que era mesmo a data limite para executar Fundos Comunitários”, referiu, acrescentando que “estamos aqui com o problema dos vares e estamos com o problema desse tal jogo”.

Mais artigos
1 De 504

Já teve lugar uma primeira reunião para tratar destas questões, mas no próximo dia 22 de agosto, Pedro Ribeiro vai voltar a Évora, para reunir com o presidente da CCDR, “na esperança que nos bares e no jogo possamos ter sucesso, porque se não tivermos sucesso, estamos a falar de cerca de 600 mil euros. Tenho esperança que os bares, dentro da forma como decorreu, nos bares, as coisas correram muito bem, e portanto tenho quase a certeza que conseguimos resolver. Mas a questão do jogo ainda está pendente e é essa que vou procurar resolver”, revelou.


 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.