Cartaxo voltou a homenagear homens e mulheres da Lezíria

Comemorações voltaram ao Cartaxo depois de alguns anos de interregno

© Jornal de Cá/ Vítor Neno

 

Centenas de pessoas saíram à rua na manhã desta segunda-feira, 1 de maio, para assistir ao cortejo do Dia do Campino.

A homenagem ao homem da Lezíria voltou ao Cartaxo, depois de alguns anos de interregno, inserido na 29ª edição da Festa do Vinho, que termina esta segunda-feira, no Cartaxo.

A concentração dos muitas dezenas de integrantes do cortejo foi junto ao Páteo da Câmara Municipal. Daí, o cortejo rumou ao Tribunal, passando pela Rua Prof. Manuel Bernardo das Neves, Avenida Mestre Cid, Avenida João de Deus, terminando no Largo Vasco da Gama.

Aqui, já aguardavam a banda da Sociedade Filarmónica Cartaxense e o Rancho Folclórico do Cartaxo que, após a benção dos campinos, amazonas, cavaleiros, atrelagens e animais, abriram o cortejo. A banda, dando música às muitas centenas de pessoas que aguardavam pela passagem do desfile, ao longo da Rua 5 de Outubro e Rua Batalhoz; o Rancho, dançando aqui e ali e fazendo as delícias do público.

Mais artigos
1 De 17

De salientar uma novidade no cortejo deste ano: os estabelecimentos comerciais, nomeadamente os cafés ao longo do percurso do desfile, ofereciam aos integrantes do cortejo pequenos acepipes tradicionais.

Vestidos a rigor, os funcionários e proprietários destes comércios tinham para ‘aconchegar o estômago’ destes homens da Lezíria bandejas com queijos, enchidos, salgados e, como não poderia deixar de ser, os tradicionais ‘copos de 3’, que fizeram as delícias dos campinos.

O cortejo terminou junto ao Pavilhão Municipal de Exposições, por onde permaneceram por largas horas muitos dos campinos, cavaleiros e amazonas, desfrutando da boa comida, boa bebida e boa disposição desta Festa do Vinho.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.