Castanha é fruto do outono, para todo o ano

 

Comida fresca, assada ou cozida, atualmente, a castanha ganhou um estatuto a nível culinário que a coloca em pratos muito elaborados e saborosos, que lhe conferem protagonismo durante todo o ano

Se antigamente a castanha representava um dos alimentos base da alimentação diária, substituindo a batata e o pão, atualmente, na culinária, passou a ser um alimento muito versátil, deixando de ser somente apreciada simplesmente assada ou cozida, no outono, sendo consumida como acompanhamento de pratos em puré, assim como em sopas e guisados, durante todo o ano. Também as sobremesas passaram a contemplar este fruto em doces, como a marmelada, e bolos, havendo quem o utilize em deliciosos biscoitos e mesmo na produção de pão.

E as boas notícias não se ficam por aqui, visto que, para além do sabor e textura que conferem à comida, o seu valor nutricional é muito rico e baixo em calorias, oferecendo diversos benefícios para a saúde, quando introduzidas numa alimentação saudável e equilibrada. A castanha é muito rica em hidratos de carbono complexos, como o amido, sendo uma boa fonte de energia. É uma fonte de fibras alimentares, com a vantagem dos seus açúcares serem de digestão lenta, evitando uma subida rápida da glicose no sangue. Para além disso, as castanhas possuem boas quantidades de minerais como potássio, ferro e magnésio.

Apesar de ser um fruto sazonal, disponível entre o final de Setembro e meados de Fevereiro, encontramos facilmente a castanha no mercado, descascada e congelada, podendo usufruir do seu sabor característico e valor nutricional, com maior frequência, durante todo o ano.


 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.