CDU exige obras no Mercado do Cartaxo

A CDU do Cartaxo está preocupada com o estado de conservação do Mercado Municipal da cidade.

“A degradação do edifício já há muito preocupa todos os que por ali passam”, disse Catarina Marques, “e o desconforto e a ausência de equipamentos de armazenamento têm vindo a contribuir para uma cada vez menor procura por clientes e vendedores”, pode ler-se na moção apresentada aos eleitos na Assembleia Municipal do Cartaxo.

Assim, a moção exige “ao executivo municipal o início dos procedimentos que possibilitem a execução de obras de recuperação e melhoramento; e a reabilitação do Mercado Municipal para outras iniciativas complementares que rentabilizem este edifício emblemático da nossa cidade”.

Gentil Duarte (PS) disse concordar com esta posição da CDU, aproveitando para lembrar que as tão necessárias obras no Mercado podem ser propostas no âmbito do Orçamento Municipal 2020, cujos trabalhos deverão estar a iniciar-se com todos os partidos. “É exatamente uma das propostas que a CDU, eventualmente, poderia levar junto do senhor presidente, mais que uma mera moção”, realçou.

Existe já um projeto de reaqualificação do Mercado, disse João Oliveira (PSD/NC), que “foi candidatado através do PEDU (Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano)”. Por isso, o deputado quis saber, “dentro dessa requalificação, o que é que está englobado, quer ao nível destas medidas quer ao nível infraestrutural”.

Jorge Pisca (MIP) lembrou que “o Cartaxo não é só a cidade do Cartaxo, portanto, não será só o Mercado Municipal da cidade que precisa de obras. Acho que devíamos fazer um estudo para os mercados todos das freguesias, principalmente, o de Pontével, porque se o do Cartaxo está degradado, vão ao Mercado de Pontével não só de quatro em quatro anos, e vejam a degradação em que ele está. Precisa de uma intervenção, principalmente no telhado, por causa das chapas de fibrocimento”.

Mais artigos
1 De 21

O presidente do Município, Pedro Ribeiro, garante que “a vistoria técnica foi feita, ou há três semanas ou há um mês”, pela Comissão de Vistorias da Câmara Municipal, comprometendo-se a disponibilizar o relatório com as conclusões assim que ele esteja concluído.

A principal preocupação, diz o autarca, é com as questões infraestruturais, “e vou dizer isto convictamente, quase com certeza, não há tempo para esperar pela requalificação do espaço e que teremos, com alguma urgência, de efetuar uma intervenção ao nível estrutural”.

A moção foi aprovada por unanimidade.

Pode gostar também
Comentários
Loading...