Celebra-se hoje o dia Internacional dos Direitos Humanos

 
A celebração desta data foi escolhida para honrar o dia em que a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou, a 10 de dezembro de 1948, a Declaração Universal dos Direitos do Homem.

​​​access-933158_1920A data visa homenagear o empenho e dedicação de todos os cidadãos defensores dos direitos humanos e tentar acabar com todos os tipos de discriminação, promovendo a igualdade entre todos os cidadãos.

Assim sendo, e dada a crise que se vive actualmente com os refugiados, o Prémio Direitos Humanos 2015 foi atribuído à Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios, “pela resposta que, em tempo real, ofereceu, logo no início da atual crise dos refugiados, aos jovens sírios”. Para além destes, também a Associação dos Deficientes das Forças Armadas será galardoada, “pelo seu papel notável de 41 anos de apoio aos ex-combatentes vítimas da guerra colonial”.​

A atribuição do Prémio é uma decisão do Presidente da Assembleia da República, sob proposta do Júri do Prémio Direitos Humanos​, constituído no âmbito da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias. A cerimónia de entrega do Prémio acontece hoje, sendo presidida pelo Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues.

A Declaração Universal dos Direitos do Homem foi assinada por 58 estados e teve como objetivo promover a paz e a preservação da humanidade após os conflitos da 2ª Guerra Mundial que vitimaram milhões de pessoas. Esta declaração enumera os direitos humanos básicos que devem assistir a todos os cidadãos.


 

Comentários estão fechados.