Chia o novo superalimento

Uma nova especiaria latino-americana foi acrescentada à lista de “superalimentos” que prometem aumentar a longevidade.

As sementes de chia, também conhecida como “sálvia hispânica L”, são ricas em antioxidantes e minerais e têm mais ómega 3 do que o salmão.

Os entusiastas dizem que o alimento reduz o risco de inflamações, melhora a saúde cardíaca e estabiliza o nível de açúcar no sangue.

O alimento pertence à família da menta e é de origem mexicana. A planta cresce em poucos dias, mas os nutricionistas estão mais interessados nas suas sementes minúsculas.

As sementes já eram conhecidas pelos mexicanos há vários séculos. Os astecas usavam-na para fins medicinais e em cerimónias religiosas.

Pelo mundo, a chia está a tornar-se cada vez mais popular. Em 2011, 72 produtos à base desta semente entraram no mercado de diversos países.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.