Consulta de Doenças Auto-Imunes do Hospital de Santarém obtém classificação máxima

A avaliação incidiu sobre a constituição da equipa médica, a respetiva experiência e a resposta em situação de urgência, incluindo Hospital de Dia

 

A Consulta de Doenças Auto-Imunes do Hospital Distrital de Santarém foi recentemente alvo de auditoria clínica pelo Departamento de Qualidade da Saúde (da Direcção Geral da Saúde), tendo obtido, no final, a classificação máxima, com 100 por cento de conformidade face às normas em vigor.

A avaliação incidiu sobre a constituição da equipa médica, a respetiva experiência e a resposta em situação de urgência, incluindo Hospital de Dia.

A consulta, que funciona diariamente entre as 14h e as 17, com apoio de Hospital de Dia entre as 9h e as 17h, está em crescimento contínuo. Atualmente, segue 719 doentes. Em 2016, efetuou 1388 consultas, 212 das quais primeiras consultas. Dos 719 doentes que segue, 64 estão a receber tratamento com fármacos biotecnológicos, respondendo às exigências dos sucessivos diplomas legais para a Artrite Reumatóide, Espondilite Anquilosante, Artrite Psoriática e Artrite Idiopática Juvenil.

A consulta de Doenças Auto-Imunes do Hospital de Distrital de Santarém foi criada em 2006; foi certificada pela Direcção-Geral da Saúde em 2008, 2012 e anualmente desde 2014. Entre 2015 e 2019 é sede da coordenação nacional do RIDAI-Registo Informático de Doenças Auto-Imunes da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna.

Existem actualmente 44 consultas de Doenças Auto-Imunes, com ampla dispersão territorial nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde. Estas consultas são uma das quatro áreas especiais de referenciação previstas no Programa Consulta a Tempo e Horas do Ministério da Saúde, a par da Diabetes, Dor e Senologia (também disponíveis em Santarém).

Pode gostar também

Comentários estão fechados.