Coronavírus: Cemitério e biblioteca municipal reabrem no Cartaxo

O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo decidiu esta segunda-feira, 15 de março, a reabertura da Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita, do Cemitério Municipal do Cartaxo, do Complexo Desportivo e Cultural da Quinta das Pratas, do Parque de Santa Eulália e dos parques infantis, no âmbito do plano de desconfinamento aprovado pelo Conselho de Ministros.

A Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita – que durante o confinamento manteve o serviço de empréstimo de livros com entrega ao domicílio – e o Cemitério Municipal do Cartaxo, vão reabrir, mantendo o cumprimento integral do plano de contingência.

Pedro Ribeiro apela a toda a comunidade para “que se mantenha consciente, a cada momento, que a covid-19 não acabou”, alertando que o processo de vacinação é lento, que continua em vigor a obrigação geral de recolhimento domiciliário e que “as empresas, o comércio local e a restauração da nossa terra precisam que este pequeno passo de desconfinamento seja um passo seguro. Não pode haver retrocessos, quer pelas elevadas consequências para a economia local, quer pelo risco para a saúde de cada pessoa, de cada família”.

Ainda segundo o município, mantêm-se encerrados o Centro Cultural do Cartaxo, o Museu Rural e do Vinho e o seu Centro de Promoção Vitivinícola, o Auditório da Quinta das Pratas, o Centro de Convívio do Cartaxo, as Piscinas Municipais, o Estádio Municipal, o pavilhão do Inatel e o Skate Park.

O plano de desconfinamento aprovado em Conselho de Ministros prevê a reabertura gradual das atividades económicas, culturais, desportivas e sociais em quatro fases que se iniciaram a 15 de março e, caso não haja alterações, se concluem a 3 de maio.

Pode gostar também