Coronavírus: Escola da Lapa encerrada por precaução

A escola de 1º ciclo da Lapa encerrou esta segunda-feira, por precaução, devido a familiar da professora estar infetado com o coronavírus. 

Por precaução, a escola da Lapa não abriu portas esta segunda-feira, 26 de outubro, depois de a professora ter dado conhecimento de que tem um familiar infetado, estando a mesma a aguardar a realização do teste à Covid-19.

Professora e 17 alunos estão em isolamento em casa, a aguardar o resultado do teste que será feito à docente, tal como está o presidente da União de Freguesias Ereira e Lapa, por ter contacto próximo com o neto que frequenta aquela escola. João Nunes adianta ao Jornal de Cá que ainda esta segunda-feira a escola vai ser sujeita a uma desinfeção, levada a cabo pelos Bombeiros Municipais.

A auxiliar de serviço nesta escola, afinal, foi trabalhar, afirmou a mesma ao Jornal de Cá, adiantando que, sentindo-se “descriminada” por ser “a única que não ficou em casa”, ligou para a linha de Saúde 24 que a “mandou” ficar em casa.

Lapa sem transporte de alunos e CATL
Mais uma dor de cabeça para o presidente da União de Freguesias da Ereira e Lapa que, devido à pandemia, diz ter-se visto forçado a acabar com o transporte de crianças na União de Freguesias, pelo qual a Junta tem sido responsável nos últimos anos. João Nunes diz não ter capacidade para transportar cerca de 30 crianças (da Ereira e da Lapa), com as distâncias exigidas e as novas regras de higiene e segurança impostas, como tal não viu outra solução senão suspender esse serviço.

A par disso, também o CATL acabou, pois o mesmo funcionava no espaço do refeitório das crianças da escola de 1º ciclo da Lapa, tornando-se incomportável, segundo João Nunes, acolher ali mais crianças, em segurança.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.