Coronavírus: Ir às compras continua a ser um caso sério

Para que o desconfinamento iniciado não tenha de voltar atrás, cumprir as medidas de segurança ajuda o comércio local a manter as portas abertas.

Várias lojas, no concelho, já reabriram as portas, com algumas regras na venda ao público no sentido de conter o contágio da doença Covid-19. Mas também os clientes devem fazer a sua parte, usando máscara, mantendo uma distância física dos outros, de cerca de dois metros, uma adequada higienização das mãos e medidas de etiqueta respiratória – espirrando ou tossindo para o braço ou para um lenço que descartará, imediatamente, para o lixo.

Lembramos que durante a situação de calamidade, em vigor no País, o Mercado Municipal do Cartaxo mantém-se em funcionamento, de terça-feira a sábado, das 8h às 13h para venda de produtos e bens essenciais (bancas de bens alimentares, talhos e mercearias, estabelecimentos de restauração e bebidas – regime de take away ou entrega ao domicílio).

Como medidas preventivas, a entrada e saída do mercado é feita pela porta principal (junto à churrasqueira). A permanência no interior é de apenas 20 pessoas de cada vez.

Os espaços de venda de produtos não essenciais estão encerrados e a venda ambulante não é permitida.

Como regras de segurança, impõe-se a obrigação de usar máscara comunitária ou outra que, no seu caso individual, resulte de indicação das autoridades de saúde.

Mais artigos
1 De 567

Obrigação de manter distância de segurança de dois metros, entre si e os outros utilizadores ou vendedores do mercado.

Obrigação de desinfetar as mãos – o mercado dispõe de dispensadores de gel desinfetante.

Veja aqui outras medidas de segurança importantes a ter na ida à compras.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.