Coronavírus: Número de casos confirmados continua a subir

O número de pessoas com a doença Covid-19 ativa, no concelho do Cartaxo, continua a subir, mas hoje, pela primeira vez em oito dias, também sobe o número de pessoas recuperadas.

Há 47 pessoas recuperadas da doença Covid-19, mais duas do que nas últimas 24 horas, e mais um caso positivo.

Esta segunda-feira, 8 de junho, segundo dados da Delegação de Saúde local, há 23 casos positivos, menos um do que ontem e 47 pessoas já recuperaram da doença, mais duas do que nas últimas 24 horas, e estão 44 pessoas em vigilância ativa pelas autoridades de saúde, menos duas do que ontem.

Desde o início da pandemia, o concelho do Cartaxo regista 71 casos confirmados e uma vítima mortal da doença Covid-19.

O concelho do Cartaxo registava, no dia 30 de maio, 16 pessoas positivas à Covid-19, hoje regista 23. Os casos confirmados, desde o início da pandemia eram 65, esta segunda-feira são 71. Havia no final de maio, 48 pessoas recuperadas da doença, mas entretanto, segundo a delegada de saúde local, verificou-se a re-infeção de três pessoas após terem sido dadas como recuperadas pelo médico de família.

Logo nos primeiros dias de junho o número de casos positivos começou a subir, cerca de um ou dois casos por dia, devido ao surto na zona industrial da Azambuja que levou a que a vila fosse incluída na região de Lisboa e Vale do Tejo, como um dos surtos mais significativos no País.

Mais artigos
1 De 115

Em Portugal, de acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), há hoje 34 885 pessoas infetadas com o coronavírus, mais 192 do que nas últimas 24 horas, e 21 156 pessoas já recuperaram da doença Covid-19, mais 161 do que ontem.

No País, desde o início da pandemia registam-se 1 485 vítimas mortais, nas últimas 48 horas há mais seis mortes.

O número de pessoas internadas nos hospitais portugueses, com a Covid-19, desceu para 366, menos 32 do que nas últimas 24 horas e nos cuidados intensivos estão 55 pessoas, menos três do que ontem.

Ainda segundo a DGS, o número de pessoas em vigilância ativa pelas autoridades desce para 28 791, menos 521 do que nas últimas 24 horas.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.