Coronavírus: PSP pede denúncia nos casos de aproveitamento ilícito

No atual contexto de crise no âmbito da saúde pública, a Polícia de Segurança Pública (PSP) informa que têm circulado notícias nas redes sociais e nalguns órgãos de comunicação social sobre a “alegada prática de crimes de burlas, furtos e roubos, praticados por falsos funcionários de diversas entidades, nomeadamente médicos, enfermeiros, técnicos de empresas de comunicações ou carteiros” dirigida à população mais vulnerável, mais idosa e em isolamento social.

Contudo, a PSP diz que “até ao presente momento, não tem registo de tais crimes praticados no contexto da presente situação de saúde pública”, reforçando “a necessidade de toda a população, vítimas ou meras testemunhas, informarem a Polícia de Segurança Pública caso tenham conhecimento de práticas criminosas, permitindo a reação e investigação imediatas”.

Da mesma maneira que solicita que “confirmem com a PSP a informação recolhida nas redes sociais ou que, simplesmente, se ouve dizer”, informando que a polícia está “disponível e em serviço nas ruas, nomeadamente por intermédio do patrulhamento de proximidade, para acorrer a todas as solicitações e pedidos de apoio, também na prevenção destes ilícitos”.

Pode gostar também
Comentários
Loading...