Corpo encontrado será de Vitalina Galvão

Ao que tudo indica será o corpo de Vitalina Galvão encontrado num sobreiral, a poucas centenas de metros da autoestrada, entre Vila Nova de São Pedro e Vale da Pinta, este domingo, 8 de dezembro.

Ao que o Jornal de Cá conseguiu apurar, passavam poucos minutos das 11h da manhã deste domingo, quando dois caçadores deram com um corpo em elevado estado de decomposição num sobreiral a cerca de 400 metros da autoestrada que passa nas localidades de Vale da Pinta, no concelho do Cartaxo, e Vila Nova de São Pedro, no concelho de Azambuja, no final de uma estrada paralela à que liga Cartaxo e Vila Nova de São Pedro.

Pelas vestes pretas e sapatos, tipo pantufa, alinhados por perto, tudo indica que possa ser o corpo de Vitalina Galvão, a idosa residente no Cartaxo dada como desaparecida deste o dia 5 do passado mês de agosto.

Cerca das 11h20, os caçadores chamaram as autoridades locais que entregaram o caso à Polícia Judiciária, que também esteve no local a recolher dados, tendo o corpo seguido para o Instituto de Medicina Legal, onde se encontra em análise para identificação.

Recordamos que a idosa de 86 anos de idade foi dada como desaparecida no início de agosto, tendo na altura sido realizadas buscas que inclusivamente envolveram boa parte da população e que percorreram várias zonas da cidade do Cartaxo, incluindo as suas periferias. Era habitual a idosa ser avistada nas suas caminhadas diárias por várias zonas limítrofes da cidade, sendo o caminho para Vila Nova de São Pedro uma delas.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.