Dia Internacional da Proteção Civil envolve crianças do Cartaxo

Encontro entre forças de segurança, serviços de educação, instituições de apoio social, comunidade escolar e população

dav

Mais de cem crianças e jovens participaram na abertura da Exposição de Veículos dos Agentes da Proteção Civil, que marcou o início das Comemorações do Dia Internacional da Proteção Civil no concelho do Cartaxo.

Mais do que a Exposição de Veículos dos Agentes da Proteção Civil, que o Município do Cartaxo tinha anunciado para a abertura das Comemorações do Dia Internacional da Proteção Civil, o que aconteceu na Praça 15 de Dezembro, na manhã da passada quarta-feira, dia 1, foi um encontro entre forças de segurança, serviços de educação, instituições de apoio social, comunidade escolar e população.

Os Bombeiros Municipais do Cartaxo, a Cruz Vermelha Portuguesa – Centro Humanitário Santarém/Cartaxo a Polícia de Segurança Pública e as técnicas das áreas de Educação e Juventude e Cultura do Município, receberam as crianças e os jovens que foram aprender um pouco mais sobre o que é a proteção civil. O Jardim de Infância do Cartaxo e a Academia Pergaminho Mágico chegaram bem cedinho e foram os primeiros a experimentar todas as atividades disponíveis.

Para o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Ribeiro, estas iniciativas de “aproximação entre os agentes da proteção civil e a população”, em especial “as dedicadas à comunidade escolar, são momentos que mostram o trabalho que cada uma das instituições desenvolve, mas também são essenciais para sensibilizar a população para a importância de pequenas ações, alguns comportamentos simples, que podem fazer a diferença entre a vida e a morte em casos de catástrofes ou em situações de risco”.

Agentes explicam importância da proteção civil aos mais novos
Mais artigos
1 De 501

As mais de cem crianças e jovens do Jardim de Infância do Cartaxo, da Academia Pergaminho Mágico e muitas que participaram acompanhadas por familiares, aprenderam conceitos simples sobre como agir em caso de perigo ou catástrofe natural, relembraram a importância de proteger a floresta ou descobriram que cuidados é necessário prestar às vítimas de acidentes, tudo isto em modo simplificado e divertido.

Dois veículos da PSP do Cartaxo fizeram a delícias de todos – uma moto cheia de sirenes e um carro patrulha com um rádio que até serviu para cantar os parabéns ao Mateus em alto e bom som. Para os agentes principais da Equipa Programa Escola Segura, que estiveram presentes, “estas iniciativas têm uma mais-valia enorme, a de aproximar as crianças dos agentes”, contrariando “alguma tendência que ainda prevalece de dizer às crianças que o polícia é uma pessoa que assusta, que é mau, que aparece quando elas não comem a sopa”, mudando antes para “aquela é a pessoa a quem posso recorrer em caso de perigo, para pedir ajuda e em quem posso confiar”.

Os Bombeiros Municipais do Cartaxo tiveram em exposição equipamentos que habitualmente são protagonistas em situações mais graves – uma mota de água, um veículo de comunicações, um carro de apoio à equipa de mergulho, com o respetivo fato e um slide que se tornou num dos pontos altos da manhã – com os pequeninos a fazer uma emocionante viagem aérea até ao primeiro andar do edifício da Câmara.

Os elementos do corpo de Bombeiros Municipais defendem a importância “de manter ações deste tipo, que enquadram informação útil e complexa, num ambiente divertido e descontraído” e que dão continuidade ao “trabalho que fazemos ao longo de todo o ano, em todos os estabelecimentos de ensino do concelho, na área de prevenção de acidentes e de promoção de respostas adequadas em caso de catástrofe”.

A Cruz Vermelha Portuguesa – Centro Humanitário Santarém/Cartaxo, levou à Praça 15 de Dezembro um posto médico avançado, constituído pelo setor dedicado a tratamentos ligeiros e um outro setor completamente equipado para a estabilização de vítimas em estado crítico, cuja situação já compromete a vida.

A presença na iniciativa permite mostrar o trabalho do Centro Humanitário, que tem uma ação muito abrangente – presta cuidados de saúde à população em caso de acidente ou catástrofe, mas também participa ativamente no apoio social à comunidade, integrado na Rede Local de Intervenção Social, através da sua cantina social ou do Espaço Solidário Coração Vermelho.

Para os elementos presentes, a interação com as crianças é “muito importante, não só no que respeita a comportamentos preventivos, como no que respeita à educação para a ação”, explicando que “os cuidados de saúde não têm de ser assustadores e em caso de acidente é importante que a criança saiba o que fazer até chegar o socorro”, lembrando que “a criança pode ser parte essencial no processo de socorro, por exemplo sabendo como ligar 112” como foi o caso de uma criança que “ligou para o 112 numa fila de supermercado, quando os adultos presentes não perceberam que uma pessoa se estava a sentir mal”.

As comemorações decorreram até ao passado sábado, 4 de março, com as iniciativas promovidas pelos Bombeiros Municipais do Cartaxo – quartel aberto à população e Workshop de Suporte Básico de Vida.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.