Ecolezíria promove reciclagem nas escolas

A Ecolezíria está a promover a 2ª edição do Concurso de Recolha Seletiva junto das escolas e estabelecimentos de ensino dos municípios de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Cartaxo, Coruche e Salvaterra de Magos.

De acordo com a Empresa Intermunicipal da Lezíria do Tejo de recolha e tratamento de resíduos urbanos, esta iniciativa tem como principal objetivo incentivar os jovens e as crianças à prática da reciclagem. Trata-se de um projeto que faz parte de um plano de atividades desenvolvido pela Ecolezíria em parceria com a comunidade escolar da região, para uma maior aposta na educação e consciencialização ambiental.O concurso terá a duração de três a quatro meses, período no qual a Ecolezíria irá disponibilizar vários materiais para a realização do processo de reciclagem em contexto de sala de aula, tais como ecopontos, ecobags e baldes de 120 litros. Paralelamente, diz a empresa intermunicipal, estão previstas várias ações de sensibilização junto dos alunos para aumentar a consciencialização sobre o tema.

A iniciativa vai na segunda edição e abrange todos os ciclos de ensino, tendo até ao momento várias inscrições. No entanto, as escolas interessadas no projeto podem ainda aderir ao concurso (ecoleziria@ecoleziria.pt ou 800 210 045).

A primeira edição do Concurso de Recolha Seletiva ocorreu durante o ano letivo 2018/2019, numa competição dividida em duas subcategorias. No total, 31 escolas participaram na recolha de pilhas e oito na recolha multimaterial (papel/cartão e plástico/metal). Os vencedores do concurso foram, respetivamente, a Escola Básica/Jardim de Infância de Lamarosa e o Jardim de Infância da Branca, ambas no concelho de Coruche.

Para além desta iniciativa, a Ecolezíria diz ter ainda previstas várias outras atividades no decorrer do presente ano letivo, tais como sessões de sensibilização ambiental e ações de divulgação do projeto “Adote um Compostor” que visa incentivar a prática da compostagem em ambiente doméstico.

Pode gostar também