Eleitos em Vila Chã de Ourique já tomaram posse

Dezenas de ouriquenses - e não só - não quiseram perder pitada da cerimónia, nem a oportunidade de ficar a conhecer as novas caras que vão ocupar os lugares na Junta e Assembleia de Freguesia

Foi numa sala a ‘rebentar pelas costuras’ que os novos eleitos na Assembleia de Freguesia de Vila Chã de Ourique tomaram posse, na noite desta segunda-feira, 23 de outubro.

Dezenas de ouriquenses – e não só – não quiseram perder pitada da cerimónia, nem a oportunidade de ficar a conhecer as novas caras que vão ocupar os lugares na Junta e Assembleia de Freguesia. Recorde-se que o PS conseguiu a maioria absoluta nas autárquicas de 1 de outubro na freguesia, com 61,94 por cento dos votos e seis eleitos, contra os 27,2 por cento do Juntos Pela Mudança (JPM), que tem três eleitos, e os 6,32 por cento da CDU.

A Assembleia de Freguesia de instalação foi presidida por Dília Canais, presidente cessante, que deu posse a Vasco Casimiro (presidente da Junta de Freguesia, PS), Helena Góis (PS), Maria João Almas (JPM), Miguel Paixim (PS), Maria da Conceição Marques (PS), José Martins (JPM), João Nuno Ferreira (PS), Florbela Ribeiro (PS) e José Ribeiro da Costa (JPM).

Já sob a presidência do cidadão que encabeçou a lista mais votada nas autárquicas, Vasco Casimiro, o executivo da Junta foi eleito por lista, por voto secreto. A única lista foi apresentada pelo PS e aprovada por maioria, com seis votos a favor e três brancos. O executivo é, assim, presidido por Vasco Casimiro, e os vogais são Helena Góis e Miguel Paixim.

Para substituir estes elementos na Assembleia de Freguesia entraram Luís Sério (PS), Cátia Costa (PS) e Luís Seabra (PS).

Também a Mesa da Assembleia foi eleita por lista, apresentada pelo PS. A lista, que tem como presidente Maria da Conceição Marques, João Nuno Ferreira como 1º secretário e Florbela Ribeiro como 2ª secretária, foi eleita por maioria, com seis votos a favor e três votos brancos.

Mais artigos
1 De 37

Antes de encerrar os trabalhos, a presidente da Mesa realçou que saberá “estar à altura do que de mim é esperado. Tenho a certeza de que com o nosso trabalho e com a ajuda de todos teremos uma vila melhor”, e terminou, agradecendo a presença de todos nesta Assembleia, “e agradecia que nas futuras Assembleias tivéssemos a sala repleta, pois com a contribuição de todos seremos, de certeza, uma freguesia bem empenhada. Precisamos de todos”.

A tomada de posse terminou com um abafado de honra ‘à moda de Vila Chã de Ourique’.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.