Erasmus+ leva Escola Secundária de novo a Grécia

Duas docentes de Inglês da Escola Secundária do Cartaxo participaram nas jornadas de arranque do projeto europeu de mobilidade Inspire, que tiveram lugar entre 25 e 28 de novembro, na cidade de Calamata, Grécia.

Este projeto, do programa europeu Erasmus+, coordenado pela docente Carla Mano Simões e mais um dos vários atualmente em curso no Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo, promove a partilha a nível europeu do património material e imaterial da região, envolvendo escolas de cinco países da União Europeia (Bulgária, Grécia, Itália, Portugal e Turquia) e contribuindo para a valorização, a excelência e a projeção nacional do agrupamento, ao passo que oferece aos alunos nele envolvidos a oportunidade de se enriquecerem a nível pessoal e cultural, melhorando igualmente o seu domínio da língua inglesa.

O projeto, de caráter bienal e desenvolvido por quatro equipas de alunos organizados por áreas técnicas e supervisionados por docentes de História, Inglês, TIC, Turismo e Restauração, entre outros, levará estes alunos aos restantes países parceiros, onde darão a conhecer aspetos culturais típicos da sua terra, tais como as casas avieiras, o fandango, a gastronomia regional, o património turístico e religioso e os provérbios e ditos populares de tradição oral ligados à cultura do vinho e da vinha, ex-libris do concelho do Cartaxo.

Para tornar o projeto sustentável, prevê-se a criação de uma biblioteca digital em rede, onde serão guardados todos os materiais recolhidos.

De acordo com o o comunicado do gabinete de comunicação do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita, o município do Cartaxo irá ainda receber o maior evento de disseminação do trabalho desenvolvido ao longo dos dois anos, com a organização de um festival internacional de música e dança e concurso gastronómico, previsto para maio de 2021 e contando com a presença dos restantes quatro países.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.