Escolaridade das mães influencia resultados dos filhos

A escolaridade das mães influencia os resultados dos filhos na escola, revela o “Atlas da Educação”, um estudo realizado por investigadores da Universidade Nova de Lisboa tendo em conta as notas nos exames nacionais, e citado hoje pelo Jornal I.

 

Tendo em conta as notas dos alunos nos exames do 9º ano e secundário, entre os anos 2009 e 2014, o estudo aponta um pequeno grupo de factores socioeconómicos territoriais e de origem social que parecem influenciar os resultados escolares, tal como ter uma mãe com habilitações de nível superior.

O documento sublinha que “os concelhos em que há maior proporção de mães dos alunos com habilitações de nível superior, aqueles onde há maior expressão de actividade industrial, e onde há maior peso de centros urbanos e de serviços qualificados são favoráveis a melhores resultados nas provas de exame”.

O “Atlas da Educação” permite conhecer mais de perto as diferentes regiões do país, perceber a evolução em termos de ensino e descobrir que existem grandes diferenças entre municípios que são vizinhos e semelhantes.

O documento revela ainda que a diferença entre os concelhos com bons e os maus resultados aumentou, com as regiões onde havia mais dificuldades com as notas a tenderem a piorar nos últimos seis anos.

No entanto, este estudo aponta que há mais concelhos a registar variações mais favoráveis do que aqueles que registaram quebras nos resultados.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.