Escuteiros do Cartaxo promovem campanha de recolha alimentar

O Agrupamento de Escuteiros 1120 Cartaxo vai promover uma campanha de recolha de alimentos, no próximo sábado, a pedido do Banco Alimentar que não pode realizar as habituais campanhas nos espaços comerciais, devido à atual situação pandémica.

Assim, no dia 22 de maio, das 10h às 12h, os escuteiros vão estar na sua sede, no Edifício da EMEL, no Largo do Valverde, no Cartaxo, a receber alimentos não perecíveis, de preferência secos.

A habitual campanha do Banco Alimentar, prevista para os dias 29 e 30 de maio, foi novamente cancelada devido à situação extraordinária que continuamos a viver, provocada pela pandemia Covid-19, sendo que “a sua anulação fragiliza ainda mais todos aqueles que dependem desta ajuda para a sua subsistência”, refere a chefe do Agrupamento 1120, Conceição Cerol, que pretende “fazer a diferença e ajudar a mitigar esta situação”, promovendo esta campanha a nível local, ajudando quem mais precisa, no âmbito de uma colaboração com o Banco Alimentar e o Corpo Nacional de Escutas – uma recolha de ofertas a nível local, nas sedes dos Agrupamentos de Escuteiros, que posteriormente irão articular a entrega no Banco Alimentar da sua região.

“Estamos certos de que, com a vossa ajuda, conseguiremos fazer jus ao nosso lema ‘Sempre Alerta para Servir’, auxiliando os nossos semelhantes numa altura em que mais precisam, impulsionando o movimento escutista com uma capacidade de voluntariado e mobilização que nos torna um exemplo positivo para a sociedade.”

Confiantes, os escuteiros contam com o apoio da população do concelho do Cartaxo, lembrando que as entregas devem ser feitas em cumprimento das regras de higiene e segurança, sendo obrigatório o uso de máscara, a higienização das mãos e o distanciamento de, pelo menos, dois metros das outras pessoas.

Pode gostar também