Esperança Utópica

Na mais profunda escuridão
Procuro momentos de extrema solidão
Perco-me nos caminhos sem fim
Desta floresta completamente irreal

Perdição total e indiscreta
Loucura, insanidade
Perturbação infinita
Demonstrações de tristeza neste claro céu

Contradições infindáveis
Esperança sem fundamento
Não encontro qualquer alento…

Completamente desorientado
Fico à espera, aguardo pacientemente…
Na expetativa de algo,
Algo que me mova a agir.

Esta expetativa não fundamentada
Que diria até ser uma completa utopia
Alimenta um sonho, sem fundamento
Deste modo disfuncional de viver…


Por João Barros

Pode gostar também