Falcão em “águas de bacalhau”

A Sociedade ValleyPark, proprietária da Zona de Localização Industrial do Falcão, está envolvida num verdadeiro imbróglio jurídico. Disso mesmo deu conta Pedro Ribeiro, presidente da Câmara do Cartaxo na reunião de câmara desta segunda feira, em Vale da Pinta, adiantando que recentemente reuniu com o Tribunal de Contas a este propósito.

Tagus Gás

Segundo disse, Paulo Caldas, à data presidente do município, “não tinha competência para assinar acordo de compra e venda dos terrenos”. Esta situação “hoje, não passaria em Tribunal de Contas”.

Mas a situação é ainda mais complexa. É que existem empresas interessadas em lá se localizar, mas o município está impedido de vender qualquer espaço, “e os juros dos empréstimos caem todos os dias”, lamentou Pedro Ribeiro.

Assim, resta ao município aguardar pelas verbas do FAM (Fundo de Apoio Municipal) para submeter o processo a visto do Tribunal de Contas.

Para já, apenas a Tagus Gás está instalada nesta Zona de Localização Industrial, fruto de uma autorização especial.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.