Festival Contacto dinamiza a Cultura em Pontével

Pontével acolhe a primeira edição do Festival Contacto, com artesanato, música e arte, no dia 2 de julho, no Rio da Fonte, com o intuito de dinamizar a Cultura local e promover a descentralização cultural.

Dizem os criadores do projeto que “o evento vai proporcionar um (re)pensar a descentralização cultural, pretendendo assim também fazer ponte entre a comunidade local e as zonas circundantes à mesma. Apostando no artesanato local e na contemporaneidade, criamos uma programação que visa dar visibilidade regional enquanto capta atenção de outros públicos”.

Neste festival, dirigido por Paulo Antunes, haverá tempo para conversar sobre “A importância da Cultura fora dos grandes centros urbanos”/ “Projecto colaborativo por um movimento pró-inclusão pela arte”, com Inês Lampreia, logo pela manhã, seguindo-se a abertura da Exposição.

A partir das 14h começa a música, na mesma altura que abre o espaço de artesanato. Na mesma tarde haverá Mostra Fílmica.

Às 21h inicia-se o Festival Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Pontével e, a partir das 23h, continua a música (até às 4h da madrugada). Haverá mais do que um palco no recinto, onde também se encontram bancas de artesanato, zona de pinturas faciais e zona de refeições e o Ponto Contacto.

O evento pretende contribuir para “uma geração local cruzando esta com um novo público, que se vê representado nas novas práticas culturais” e “fazendo uso do seu caráter participativo e do seu interesse pelo passado histórico-cultural”, propondo “um cruzamento multidisciplinar entre o artesanato, tendo ele já uma ligação forte no seio da comunidade de Pontével através do Artével e de novas práticas programáticas, tais como o cinema e música”.

Pode gostar também