Festival Materiais Diversos de volta ao Cartaxo em outubro

A edição de 2021 do Festival Materiais Diversos dá a conhecer uma nova fase de trabalho em torno das artes, de 5 e 17 de outubro, no Cartaxo, Minde e Alcanena. Nesta 11ª edição do Festival Materiais Diversos as palavras-chave são ‘Repara, cuida e partilha’.

Depois de celebrar 10 anos de existência, em 2019, a equipa do Festival Materiais Diversos foca-se na desaceleração, inscrição, pluralidade e acessibilidade, procurando colocar no centro as pessoas e as relações.

Nesta edição, que decorre entre 5 e 17 de outubro, no Cartaxo, Minde e Alcanena, o festival volta-se para o encontro e a reflexão de ideias e pensamentos e põe em primeiro lugar as conversas e a caminhada como espaços de partilha, em relação com as artes performativas, que vão da música à dança, passando pelo teatro e cinema.

Cartaxo, Minde e Alcanena recebem 26 atividades e cerca 50 artistas e participantes – 12 conversas, sete espetáculos nacionais e dois internacionais, quatro em estreia e um em antestreia.

O Festival Materiais Diversos promove o encontro entre diferentes públicos e imaginários em torno das artes (dança, teatro, música e performance) e do pensamento, questionando a atualidade e promovendo a participação cultural como condição de cidadania. Nasceu em Minde, em 2009, alargou-se a Alcanena e ao Cartaxo (em 2013) e tornou-se um dos mais representativos projetos de programação fora dos grandes centros em Portugal, procurando pensar e agir desde os lugares onde se inscreve. Realizou-se anualmente até 2017 e passou a ser bienal a partir da sua décima edição, em 2019.

Pode gostar também