Filarmónica Cartaxense elege novos elementos para a direção

No passado domingo, 17 de fevereiro, a Sociedade Filarmónica Cartaxense (SFC) elegeu três novos elementos para a direção, em assembleia-geral, onde foram ainda votados e debatidos outros assuntos de interesse para a coletividade.

Para além da entrada dos novos elementos para a direção da coletividade, foram apreciadas e aprovadas as contas de 2018 e alterado um dos artigos dos estatutos. Ainda que a presença de sócios tenha sido reduzida, houve questões trazidas à discussão, nomeadamente no que diz respeita às atividades da coletividade, mas também sobre a concessão do restaurante.

Na próxima edição (de março) do Jornal de Cá contamos-lhe todos os pormenores da primeira assembleia-geral de 2019 da centenária coletividade do Cartaxo que continua a apostar na formação musical dos jovens, mas não só. Passados 168 anos, são mais de 30 atividades que a SFC promove, desde a música ao desporto, envolvendo quase 650 praticantes.

Pode gostar também