Frutos vermelhos são riquíssimos para a saúde

Os frutos vermelhos, como morangos, framboesas, amoras e mirtilos, entre muitos outros, são alimentos bastante completos e devem fazer parte de uma dieta equilibrada. Ricos em antioxidantes, estes frutos são essenciais para manter o pleno funcionamento do organismo, a linha e até a juventude da pele.

Sob o nome de frutos silvestres, frutos do bosque ou frutos vermelhos, encontram-se estes frutos de cor negra ou vermelha, na sua maior parte dispostos em bagas, sendo muitas vezes apelidados de super frutos. Estes frutos, em especial o mirtilo, a groselha e a acerola, são a melhor fonte natural de antioxidantes, mesmo quando comparados com outras frutas e vegetais.

Os frutos vermelhos são ainda fonte de outros carotenóides, como o betacaroteno, percursor da vitamina A que fortalece os olhos e a pele. Por sua vez, os mirtilos são um alimento essencial na luta contra o envelhecimento, por ser rico em nutrientes que impedem a perda de memória, ajudam a combater a depressão e retardam os efeitos da idade. Tanto os morangos como os mirtilos ajudam a promover a saúde do sistema digestivo e a diminuir os níveis do colesterol.

Os seus nutrientes ricos em antioxidantes anti-envelhecimento neutralizam a ação dos radicais livres e melhoram a circulação sanguínea e o transporte de nutrientes pelo corpo, o que contribui para uma pele rejuvenescida, para além de protegerem contra efeitos nocivos do sol e da poluição. Algumas substâncias presentes nos frutos vermelhos, como a quercitina, um fitonutriente da família dos flavonóides, aliviam os sintomas das alergias. Estudos indicam que estes frutos contêm nutrientes anticancerigenos que protegem o organismo, e comprovam a sua eficácia na prevenção do desenvolvimento de inúmeros tipos de cancro.

Ricos em ácido fólico e vitamina C, assim como em propriedades antioxidantes, aumentam a protecção imunitária contra gripes e diferentes tipos de infeções. Cinco morangos contêm mais antioxidantes do que três maçãs ou quatro bananas e têm a mesma quantidade de vitamina C que uma laranja. O ácido fólico e os antioxidantes protegem as artérias do mau colesterol, já a vitamina C e as antocianidinas evitam a formação do mau colesterol, reduzindo o risco de enfarte ou de AVC, por garantirem a circulação dos nutrientes e o bom funcionamento do fluxo sanguíneo.

Ótimos para manter a linha
A frutose, o açúcar natural dos frutos, tem um baixo índice glicémico e ajuda a prolongar a sensação de saciedade, o que significa que a energia consumida é bem assimilada pelas funções vitais do organismo. Uma dieta com baixo índice glicémico ajuda a controlar o colesterol e a pressão sanguínea.

Mais artigos
1 De 35

Desta forma, ajuda nas dietas de perda de peso, pois 300 gr de frutos silvestres têm o mesmo valor calórico que um terço de uma banana, assim como uma elevada quantidade de fibra.

Mirtilos melhoram o equilíbrio e a coordenação cerebral
Os frutos silvestres, em particular os mirtilos, trazem todos estes benefícios para a saúde, mas é o seu possível contributo para retardar o envelhecimento do cérebro que leva a cada vez mais estudos sobre o seu efeito benéfico sobre as funções cerebrais. Há estudos que indicam que estes frutos reduzem consideravelmente os danos cerebrais após AVC e aceleram a sua posterior recuperação, chegando a estimular a criação de novas células cerebrais.

As grandes quantidades de polifenois existentes nestes frutos ajudam a combater o envelhecimento do cérebro, graças aos antioxidantes presentes, absorvendo os radicais livres. Por outro lado, possuem propriedades anti-inflamatórias naturais, que diminuem o número de células responsáveis pela reação imunitária, reduzindo assim o efeito de envelhecimento.

Como consumir
Amora, framboesa, mirtilo, morango, cerejas, acerola, groselha, arando, medronho, uva vermelha são alguns dos frutos vermelhos comestíveis que, embora não estejam disponíveis no mercado durante todo o ano, é possível encontrar congelados e utilizar em diferentes refeições, em batidos, sobremesas ou saladas. Recomenda-se uma porção destes frutos todos os dias, como parte das cinco porções diárias de fruta e legumes. Duas a três colheres de sopa cheias de frutos silvestres é mais ou menos o equivalente a uma porção de 80 gramas.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.