Gestão da Praça de Touros gera polémica

Autarcas reagem a Carta aberta de ex-cabo dos forcados do Cartaxo

A polémica recente partiu da carta aberta de Vítor Teixeira Santos, ex-cabo dos forcados do Cartaxo, dirigida ao presidente da União de Freguesias Cartaxo e Vale da Pinta, enquanto gestor dos espetáculos tauromáquicos da Praça de Touros do Cartaxo.

Várias vezes em defesa do Grupo de Forcados Amadores do Cartaxo, que não se quiseram tomar partido nesta questão, o ex-cabo dos forcados aponta críticas à atuação do presidente da Junta relativamente à gestão da praça, tanto a nível dos espetáculos em si, como da manutenção do espaço.

Na edição de novembro, publicamos a carta aberta, assim com as posições do presidente da Câmara do Cartaxo e do presidente da União de Freguesias Cartaxo e Vale da Pinta perante as afirmações da mesma. Desconfiamos que este assunto não morrerá aqui, até porque Délio Pereira diz já não querer mais a praça.

  • (Imagem em destaque: Foto do grupo de Forcados do Cartaxo, numa das ações de limpeza em 2016)

Para ler na edição de novembro do Jornal de Cá.

Receba a edição impressa do Jornal de Cá, em casa ou na sua empresa, assine hoje mesmo.

 

Pode gostar também

Comentários estão fechados.