Harmonizações de vinho e chocolate foram um sucesso

Prova Comentada de Vinhos a Duas Vozes, com os enólogos Maria Vicente e Carlos Eduardo

©Jornal de Cá/ Vitor Neno

 

Decorreu esta tarde, no Pavilhão Municipal de Exposições, a Prova Comentada de Vinhos a Duas Vozes, com os enólogos Maria Vicente, da Casa 1927, e Carlos Eduardo, do Grupo Parras, que apresentaram os vinhos, que foram harmonizados com chocolates e compotas da empresa Outros Destinos, sediada em Vila Chã de Ourique.

Estas harmonizações foram feitas com os vinhos Castelo de Sulco branco (sauvignon blanc) e rosé (touriga nacional, tinta roriz e castelão) e Casa 1927 tinto (touriga nacional, touriga franca e tinta roriz).

As harmonizações podem ser por contraste ou por semelhança. Assim, com cada um dos vinhos foram servidas duas opções, para que ambos os tipos de harmonizações pudessem ser apreciadas.

A primeira harmonização foi com vinho branco. A acompanhá-lo esteve o chocolate branco e uma compota de ananás com chocolate branco.

Mais artigos
1 De 17

O rosé foi servido aos participantes nesta harmonização com compota de morango com chocolate negro e ainda com pedaços de chocolate de leite.

Por fim, o tinto foi acompanhado por chocolate preto com flor de sal e com compota de pimentos vermelhos com chocolate.

No final, e recolhidas as opiniões dos participantes, as preferências dividiram-se: uns preferiram as harmonizações por contraste, outros as harmonizações por semelhança tendo, também por isso – mas igualmente pela muita afluência de público – esta Prova Comentada de Vinhos a Duas Vozes sido um verdadeiro sucesso.

Não obstante, e tal como realçou a enóloga Maria Vicente, as melhores harmonizações são mesmo as da emoção, já que são muitos os fatores, como o ambiente ou a companhia, que podem contribuir para se preferir um ou outro vinho, acompanhado desta ou da outra iguaria.

Duas horas depois… Provas Comentadas de Vinho

Cerca de 30 pessoas participaram na sessão de provas comentadas, com vinho tinto Minoc 2015 (touriga nacional, cabernet sauvignon, syrah), de Rita Conim Pinto, e chocolate da Doce Kiki (a terceira prova de sorvete de pêra bêbeda com chocolate negro), bem como duas provas com salgados (usando o chouriço e morcela de Almoster, posteriormente confecionados pela Chefe Madalena Dias, usando produtos como o mel, vinagre balsâmico e ervas aromáticas, entre as quais, tomilho e alecrim).

A enóloga Rita Conim Pinto, que estudou na escola Agrária de Santarém e chegou a trabalhar na Adega Cooperativa e em Vale de Algares, fez um grande elogio à organização, pelo arrojo “em associar o vinho ao chocolate”. Nestas provas, em que se harmoniza o vinho com salgados e doces, é demonstrada “a versatilidade que o vinho pode ter”, afirma a enóloga, ainda antes de a maioria dos participantes darem o seu parecer positivo.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.