Incêndio que deflagrou no Cartaxo já está dominado

No local estiveram 68 operacionais de várias corporações de bombeiros, auxiliados por 18 viaturas e dois meios aéreos

Um incêndio deflagrou esta tarde no Cartaxo, na zona do casal Madre Deus, mas já foi dominado e os bombeiros procedem ao rescaldo, disse ao Jornal de Cá fonte da Proteção Civil.

O alerta foi dado às 17h45, e levou à mobilização de 68 operacionais de dez corporações de bombeiros, auxiliados por 18 viaturas e dois meios aéreos, um helicóptero de combate ao incêndio e outro de reconhecimento.

O incêndio esteve muito perto das habitações mas estas foram protegidas pelas operações de combate.

Uma mulher foi deslocada para o Quartel dos Bombeiros Municipais do Cartaxo e foi acompanhada pela vereadora da Ação Social, Elvira Tristão, que fez questão de estar presente no local, e tudo indica que após o período de rescaldo possa voltar para a sua habitação.

Os Bombeiros do Cartaxo estiveram sob o comando do adjunto Paulo Silva, uma vez que o Comandante David Lobato se encontra em Monchique.

Até ao momento ainda são desconhecidas as causas que deram origem ao incêndio, mas sabemos que se propagou rapidamente devido ao vento forte que se fazia sentir ao final da tarde, no Cartaxo.

Ler
1 De 638

As chamas lavraram em zona agrícola, mas ainda não se sabe ao certo qual a totalidade da área ardida. O incêndio entrou em fase de resolução às 20h47.

Estes terrenos “felizmente estavam uma boa parte limpos o que nos ajudou à não maior propagação do incêndio”, referiu ao Jornal de Cá, o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Ribeiro.

Segundo o autarca, “os nossos serviços de Proteção Civil já emitiram 1021 notificações a proprietários para procederem à limpeza dos seus terrenos. No final do mês de junho observámos que 679 foram cumpridas (66,5%), 306 têm o prazo para execução dos trabalhos a decorrer (30%) e 36 estão, de momento, em incumprimento (3,5%)”.

Pode gostar também