Jorge Nogueira reeleito Provedor da Santa Casa do Cartaxo

Jorge Nogueira foi reeleito Provedor da Misericórdia do Cartaxo para novo mandato de quatro anos.

A tomada de posse decorreu na sexta-feira, 10 de janeiro e, na ocasião, o Provedor salientou a dificuldades dos últimos quatro anos. “Temos consciência que serão ainda mais difíceis os próximos. É com sacrifício, muitas vezes pessoal e familiar, que tentamos levar a cabo esta nossa missão”, realçou Jorge Nogueira, acrescentando que “espero, a Misericórdia espera, a ajuda de todos para que o compromisso agora assumido seja o menos pesado possível para todos nós”.

Com o objetivo de “continuar a fazer o que fazemos bem e a melhorar o que for possível”, a equipa liderada por Jorge Nogueira ambiciona “uma Santa Casa moderna nas práticas, porque sabemos que a qualidade do serviço prestado depende muito da constante capacidade de melhorarmos e adaptarmos à nossa realidade as boas práticas do nosso setor”. Por isso, e por saberem que “os desafios que os nossos utentes colocam são cada vez mais exigentes e prementes”, Jorge Nogueira não quis deixar de dar uma palavra à equipa da Santa Casa, “que nunca vira a cara aos problemas e tem sempre uma palavra e um gesto carinhoso para todos os que vivem o dia a dia connosco”.

Realçando que este “é um grande desafio, nós sabemos. E temos consciência da enorme pressão e exigência que o Estado coloca às nossas Instituições, sem muitas vezes termos o devido retorno financeiro, mas também de reconhecimento, pela parceria que temos estabelecida com o País”, o Provedor disse que “esperamos continuar a nossa obra, mas desejamos que o Governo, este e os futuros, tenham noção da fragilidade económica e financeira em que vivem a maioria das nossas Instituições”.

A acompanhar Jorge Nogueira (Provedor) na Mesa Administrativa estão: Íris Nunes, Eduardo Lopes, Lizete Pereira e Carlos Sardinha. Maria Edite Costa e Gracinda Leal são suplentes.

João Carlos Fernandes é o presidente da Mesa da Assembleia Geral, que é ainda constituída por João António da Silva e Maria Alzira dos Santos. Emília Lopes é o elemento suplente.

Mais artigos
1 De 475

No Definitório o presidente é Nuno do Carmo, que vai estar acompanhado por Mário Jordão e Paulo Rodrigues. Os suplentes são Carlos Florentino e Maria Luísa Valente.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.