Ligar as luzes da poupança

É bom lembrar que se deve economizar electricidade, não só para poupar dinheiro e recursos energéticos, mas também o ambiente. Não sendo gerada com base em recursos renováveis, a produção de electricidade implica a libertação para a atmosfera de gases com efeito de estufa (principalmente dióxido de carbono, entre outros poluentes), provocando um aumento da temperatura da Terra.

lâmpada-2É preciso reduzir o consumo de energia, ser mais amigo do ambiente e contribuir para um estilo de vida mais sustentável. Uma das formas de o conseguir é trocando as lâmpadas incandescentes (clássicas ou de halogéneo), que ainda tem em utilização, por lâmpadas fluorescentes (tubulares ou compactas), mais conhecidas por lâmpadas economizadoras. Isto, porque, como o próprio nome indica, por cada substituição poupa-se, por ano, cerca de quatro a cinco euros.

Embora estas lâmpadas sejam mais caras (entre quatro e 20 euros) do que as lâmpadas incandescentes, duram seis a 15 vezes mais (seis a 12 anos) do que as clássicas e consomem muito menos (cerca de 80 por cento). Como se pode perceber, o investimento inicial será recuperado em pouco tempo.

Em qualquer loja de material eléctrico, ou até no supermercado, encontram-se lâmpadas economizadoras, que podem apresentar diversos formatos. As mais frequentes têm um casquilho semelhante às lâmpadas clássicas e são constituídas por um ou mais tubos finos em forma de U. Em caso de dúvida, todas elas contêm informações na embalagem.

Pode gostar também

Comentários estão fechados.