Mais de 300 karatecas competiram em Santarém

A Associação Nacional de Karaté de Portugal (ANKP), da qual fazem parte o Clube de Karaté de Vale da Pinta da Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta e a Escola de Karaté Paula Matias, em parceria com a Federação Nacional de Karaté (FNK), organizou, no domingo, no Pavilhão Gimnodesportivo de Santarém, a segunda etapa da 2ª Liga Olímpica de Karaté para Cadetes, Juniores e Seniores (a primeira etapa realizou-se em Vila das Aves).

Esta foi a primeira edição da Liga Olímpica da FNK a passar por Santarém e reuniu mais de 300 atletas de todas as idades, em representação de 81 clubes, o que resultou em mais de 600 combates, numa competição que durou oito horas.

Paralelamente, decorreu a 2ª Liga de Para-Karaté, onde participaram atletas com mais de 16 anos agrupados em três categorias competitivas, consoante as incapacidades.

No final da competição, o balanço é claramente positivo, porque “correu tudo muito bem. As pessoas saíram daqui todas satisfeitas”, revelou João Heitor, presidente da ANKP.

A juntar a isto, “houve muito poucos acidentes” e a competição “teve atletas de todo o País, inclusive, das ilhas. A localização de Santarém é bastante atrativa”, finalizou o dirigente.

A terceira etapa da 2ª Liga Olímpica da FNK realiza-se em Santo Tirso.

Pode gostar também
Comentários
Loading...